Taxas de juro Dois membros da Fed votaram contra descida dos juros

Dois membros da Fed votaram contra descida dos juros

Os presidentes da Fed de Boston, Eric Rosengren, e da Fed do Kansas, Esther George, votaram a favor da manutenção das taxas de juro no nível atual.
Dois membros da Fed votaram contra descida dos juros
Patrícia Abreu 31 de julho de 2019 às 19:32

A decisão de avançar com a primeira descida das taxas de juro nos EUA em dez anos e meio não foi consensual. Dois dos membros do Comité Federal do Mercado Aberto (FOMC, na sigla original) votaram contra o corte dos juros, defendendo a manutenção da taxa no nível atual.


Esther George e Eric Rosengren votaram esta quarta-feira contra a descida dos juros nos EUA. Os presidente da Fed do Kansas e de Boston votaram a favor da manutenção dos juros num intervalo entre 2,25% e 2,5%, segundo o comunicado publicado pela Fed. Dos 10 membros do comité nenhum votou, porém, a favor de um aumento da taxa diretora.


Esta posição já era esperada, na medida em que ambos os responsáveis têm realizado declarações nesse sentido, argumentando que a economia continua a crescer a bom ritmo e é melhor esperar por evidências que comprovem que eventos como a guerra comercial está a ter impacto no crescimento.


Em entrevista à CNBC, Eric Rosengren argumentou que "a economia está, nesta fase, razoavelmente", pelo que preferia esperar uma evidência de uma inversão no crescimento antes de agir. Também Esther George, presidente da Fed do Kansas, tem adotado uma postura bem mais conservadora, mostrando que poderá não alinhar com a decisão de baixar juros.


Ao contrário destes dois responsáveis, os outros membros da Fed e o seu presidente, Jerome Powell, têm mantido abertura para mexer nos juros se necessário. E deixaram em aberto a possibilidade de novos cortes, se as evidências o justificarem.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI