Bolsa EDP cai mais de 1% e dita queda da bolsa pelo terceiro dia consecutivo

EDP cai mais de 1% e dita queda da bolsa pelo terceiro dia consecutivo

A bolsa nacional fechou em queda, pela terceira sessão consecutiva, numa sessão em que as principais congéneres europeias fecharam em alta. A EDP desceu mais de 1% e destacou-se entre as quedas.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 13 de julho de 2018 às 16:43

O PSI-20 fechou o dia a cair 0,26% para 5.619,49 pontos, numa sessão em que 10 cotadas desceram, seis subiram e duas fecharam estáveis. Entre os congéneres europeus a tendência foi de ganhos ligeiros, com as bolsas a recuperarem das quedas recentes e a beneficiarem do arranque da época de resultados do segundo trimestre do ano.

A bolsa nacional não conseguiu acompanhar os ganhos do resto da Europa, num dia em que a EDP perdeu mais de 1%. A eléctrica nacional recuou para 3,46 euros. A EDP Renováveis acompanhou a tendência e desceu 0,78% para 8,93 euros. 

A pressionar a bolsa esteve também o sector do papel, com a Navigator a perder 1,07% para 5,075 euros e a Altri a recuar 0,33% para 9,10 euros. 

Do lado oposto, e a travar maiores quedas do índice nacional esteve a Jerónimo Martins, ao subir 0,72% para 12,67 euros, bem como os CTT, que apreciaram 0,55% para 2,906 euros, e o BCP, que avançou 0,46% para 0,2594 euros.

A pesar na negociação esteve ainda a Pharol, tendo mesmo protagonizado a maior queda da sessão, ao perder mais de 2% para 0,244 euros. 

Apesar destas três descidas consecutivas, o PSI-20 terminou a semana com um saldo positivo. Ainda que tímido, o ganho de 0,35% foi o segundo avanço semanal consecutivo. A estrela do principal índice foi a Ramada, cujas acções dispararam mais de 12% no total da semana, tendo avançado mais de 6% só esta sexta-feira.


(Notícia em actualizada às 16:54 com mais informação)




Saber mais e Alertas
pub