Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP recua após resultados e pressiona bolsa nacional

A bolsa nacional inverteu a tendência positiva registada na abertura da negociação de hoje, seguindo a desvalorizar, pressionada pela queda dos títulos da Energias de Portugal. O PSI-20 recua 0,13%, numa sessão em que a PT impede maiores perdas e a Teixei

Paulo Moutinho 09 de Março de 2007 às 10:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional inverteu a tendência positiva registada na abertura da negociação de hoje, seguindo a desvalorizar, pressionada pela queda dos títulos da Energias de Portugal. O PSI-20 recuava 0,13%, numa sessão em que a PT impede maiores perdas e a Teixeira Duarte sobe quase 6% com a nova avaliação da UBS.

O principal índice da bolsa portuguesa [psi20] descia para 11.596,71 pontos, com 14 das vinte cotadas em queda, cinco a subir e apenas uma cotada inalterada, numa sessão em que foram negociados, até ao momento, cerca de 55 milhões de euros.

A condicionar a performance do índice de referência nacional está, essencialmente, a EDP [edp] que recuava 0,98% para os 4,05 euros, depois de ontem ter anunciado que os lucros de 2006 se situaram nos 941 milhões de euros, menos 12% que no ano anterior, quando registou mais-valias com a venda da posição no capital da Galp.

A Galp Energia [galp pl] também seguia a negociar em queda, perdendo 0,55% para os 7,27 euros por acção, apesar do CaixaBI ter aumentado o preço-alvo para as acções da petrolífera em 15,3%, de 7,15 euros para 8,25 euros, devido à incorporação na avaliação da empresa da descoberta de petróleo no Bloco do Brasil.

Na banca, o BCP [bcp], que ontem somou mais de 2%, seguia estável nos 2,73 euros, enquanto o BES [besnn] somava 0,21% para 14,29 euros. O Banco BPI [bpin], que ganhou quase 4% na sessão de ontem, seguia a perder 0,15% para 6,54 euros.

Em "terreno" negativo seguiam ainda a Brisa [brisa], que perdia 0,4% para 9,86 euros, e a Sonae SGPS [son] que recuava 0,62% para 1,59 euros. A tendência negativa é acompanhada também pela Sonaecom [snc] que descia 1,04% para cotar nos 4,75 euros.

Nas telecomunicações, a Portugal Telecom [ptc] destacava-se ao somar 0,41% para 9,73 euros, uma valorização que está a impedir que o índice de referência nacional registe maiores perdas.

Além da PT, em alta seguia também a Cimpor [cimp] que ganhava 1,43% para 6,39 euros, enquanto fora do PSI-20, a Teixeira Duarte [txde] avançava 5,84% para 2,72 euros, a beneficiar do novo preço-alvo da UBS para a empresa, de 3,40 euros, cotação que atribuía à empresa um potencial de subida de 32% face ao fecho de ontem. A Teixeira Duarte está ainda a beneficiar de uma noticia que dá conta que a empresa poderá ser indemnizada pelo Ministério da Justiça em 12,6 milhões de euros.

No positiva destaque também para a Cofina [cofi] que somava 2,23% para 1,83 euros, depois de ontem ter anunciado que os seus resultados líquidos de 2006 cresceram para os 9,7 milhões de euros.

A outra cotada liderada por Paulo Fernandes, a Altri [altr] seguia a perder 1,05% para 5,64 euros, enquanto a Portucel [ptcl], também do sector da pasta e do papel, recuava 0,75% para 2,65 euros, e a Semapa [sema] cedia 1,18% para 10,88 euros.

Outras Notícias