Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Em 90 segundos, veja o que as "Big Tech" tiveram de correr para chegar ao topo

O índice que agrupa as 100 maiores cotadas do Nasdaq Composite é agora liderado pela Apple, em termos de capitalização bolsista. Mas nem sempre foi assim. Veja o historial das dez maiores cotadas do índice das tecnológicas desde 2000.

Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 15 de Agosto de 2020 às 10:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O índice de tecnologia dos Estados Unidos, o Nasdaq Composite, está a protagonizar um ano bastante superior aos congéneres em todo o mundo, com um ganho acumulado superior a 30%, com as cotadas do setor a beneficiarem com o confinamento a que a atual pandemia obrigou e com a corrida à vacina contra a covid-19 a levar as empresas de biotecnologia em frente.

Quem fez verdadeiramente mexer com o Nasdaq Composite e levá-lo a máximos históricos sucessivos foram as gigantes da tecnologia bem conhecidas de todos nós. As cinco maiores empresas deste índice dos Estados Unidos valem, juntas, cerca de 6,8 biliões de dólares, o que corresponde a cerca de 68% de um índice que comporta quase 3.500 empresas.

A liderar a lista surge a Apple, que ultrapassou recentemente a Microsoft, enquanto cotada mais valiosa dos Estados Unidos, e a petrolífera Saudi Aramco, como empresa mais valiosa de todo o mundo. A empresa liderada por Tim Cook está avaliada em 1,88 biliões de dólares e só este ano valorizou quase 50%, com as vendas de iPhones a crescerem e a procura pelos seus produtos secundários a aumentar.

Mas a empresa que mais beneficiou com o confinamento em termos de capitalização bolsista foi a Amazon, com a retalhista norte-americana a disparar mais de 70% em bolsa e com o seu CEO, Jeff Bezos, a vincar a sua posição de homem mais rico do mundo, de acordo com o índice de multi milionários da Bloomberg, com uma fortuna a rondar os 190 mil milhões de dólares. 

Fora do top-5 das empresas mais valiosas destaca-se sobretudo a Tesla, que este ano leva uma valorização de mais de 250%. Sozinha, a empresa de Elon Musk já vale quase tanto como as rivais Toyota e VW juntas em bolsa. 

Mas o atual ranking das maiores tecnológicas norte-americanas é muito diferente do que se verificava há não muitos anos atrás. No gráfico animado que pode ver em cima está a evolução mensal do ranking das maiores capitalizações bolsistas do Nasdaq, desde 2010.
Ver comentários
Saber mais Nasdaq Composite Estados Unidos mercado e câmbios bolsa economia negócios e finanças
Mais lidas
Outras Notícias