Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Em 11 sessões, o Nasdaq só subiu uma vez. E não brilhou muito

As principais bolsas norte-americanas fecharam em terreno misto, com o Standard & Poor’s a permanecer em mínimos de três semanas. A penalizar o sentimento está o renovar de receios perante a desaceleração do crescimento mundial. Os investidores esperam agora pelos dados do emprego, a serem divulgados amanhã.

Bloomberg
Negócios 05 de Maio de 2016 às 21:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O índice industrial Dow Jones encerrou a sessão desta quinta-feira, 5 de Maio, a somar 0,05% para 17.660,65 pontos.

 

O Dow foi o único dos "três grandes" a conseguir fechar no verde, tendo sido animado sobretudo pelos títulos da energia, numa jornada de valorização dos preços do petróleo.

 

Já o S&P 500 recuou 0,10% para 2.048,87 pontos, mantendo-se assim em mínimos de três semanas.

 

Os títulos do retalho estiveram a penalizar o Standard & Poor’s 500, com a L Brands Inc a dar o mote às quedas depois de os lucros preliminares do primeiro trimestre terem ficado aquém das estimativas.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite desvalorizou 0,18% para se fixar nos 4.717,09 pontos. Nas últimas 11 sessões, o Nasdaq apenas conseguiu fechar em alta numa delas, a desta segunda-feira (2 de Maio) – e não fez um brilharete, já que avançou menos de 1% (ao somar 0,88%).

 

A contribuir para este mau desempenho estiveram os resultados das tecnológicas, que foram, na sua maioria, inferiores ao esperado pelos analistas.

 

Ma generalidade, os mais recentes dados macroeconómicos, nomeadamente os valores da produção industrial no Reino Unido e na China, que ficaram abaixo do esperado, têm aumentado os receios dos investidores de que a debilidade do crescimento mundial possa pesar sobre a economia norte-americana, pelo que têm estado a ser mais cautelosos.

 

Os dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos são divulgados amanhã, 6 de Maio, e os investidores estão expectantes já que esse relatório dará pistas sobre a solidez da maior economia do mundo. 

Ver comentários
Saber mais Wall Street Standard & Poor's 500 Nasdaq Composite Dow Jones bolsa EUA
Outras Notícias