Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Emissão de dívida na Europa bate recordes no primeiro trimestre deste ano

A emissão de dívida soberana entre os países da União Europeia e o Reino Unido bateu recordes entre janeiro e março deste ano, numa altura em que os governos aproveitam o ambiente de baixos juros para se financiarem.

O BCE divulgou ontem o seu boletim económico no qual incluiu os resultados de um inquérito a grandes empresas.
Kai Pfaffenbach/Reuters
Negócios jng@negocios.pt 05 de Abril de 2021 às 11:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Os mercados de dívida soberana na Europa estão a ter um início de ano agitado, com a emissão de nova dívida a bater recordes. 

No total, os leilões de dívida levantaram um total de 373 mil milhões de euros, de acordo com os números do ING, o que representa um aumento de 20% em relação ao período homólogo.

Através dos bancos no Reino Unido e União Europeia foram colocados 150 mil milhões de dólares em dívida, no primeiro trimestre deste ano, o que representa o maior volume desde 2000, no mesmo período, segundo os dados da Refinitiv. 

O forte interesse dos investidores no mercado primário para a nova dívida sugere que a procura continua resiliente, apesar da maior volatilidade do mercado de dívida a nível global. 

Em boa parte, esta elevada procura está a ser patrocinada pelo Banco Central Europeu (BCE), e aliviou, para já, os receios de que os governos teriam de começar a pagar mais para emitir nova dívida, respondendo a uma possível diminuição de procura. 

"Janeiro e início de fevereiro foram provavelmente o mercado primário mais aquecido que já tivemos", disse Jamie Stirling, chefe global de mercados de dívida soberana do BNP Paribas, citado pelo Financial Times.

Uma fatia da emissão total de dívida esteve relacionada com os chamados "green bonds" - dívida verde, usada para financiar projetos relacionados com o ambiente. Um desses exemplos foi Itália, que foi capaz de levantar 8,5 mil milhões de euros de dívida, naquele que foi o maior leilão de dívida verde na Europa.
Ver comentários
Saber mais Europa economia negócios e finanças macroeconomia mercado de dívida economia (geral) política orçamento do estado e impostos
Outras Notícias