Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empréstimos do BCE à banca espanhola caem para o valor mais baixo em cinco meses

É o quinto mês consecutivo em que caem os empréstimos líquidos do Banco Central Europeu (BCE) aos bancos espanhóis. Em Novembro, o valor total representou menos de metade do de Junho.

Negócios negocios@negocios.pt 14 de Dezembro de 2010 às 11:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
De acordo com dados hoje divulgados pelo Banco de Espanha, liderado por Miguel Angel Fernandez Ordoñez (na foto), o valor total de empréstimos líquidos da autoridade monetária do euro ascendeu em Novembro a 61.138 milhões de euros.

Este montante traduz uma queda de 10% face ao mês anterior, e representa menos de metade dos 126.300 milhões emprestados à banca espanhola em Junho.

Idêntica tendência de redução da dependência face a Frankfurt também se tem verificado em Portugal. Em Novembro, os empréstimos dos bancos portugueses situavam-se nos 37,93 mil milhões de euros, após três meses consecutivos de quedas.

Os dados foram revelados pelo Banco de Portugal e confirmam as indicações já dadas pelos bancos portugueses, de que estavam a reduzir a dependência do BCE para obterem financiamento.

O Banco de Portugal, num relatório recente, apelou aos bancos para diversificarem as suas fontes de financiamento, nomeadamente através dos depósitos. Dados do Banco de Portugal mostram que os depósitos das famílias portuguesas subiram 4% em Outubro, depois dos bancos terem elevado a taxa de juro para máximos desde Março de 2009.

O financiamento dos bancos portugueses junto do BCE em Novembro, compara com os 40,04 mil milhões de euros registados em Outubro, o quinto mês consecutivo em que o valor dos empréstimos se situou acima da barreira dos 40 mil milhões de euros.

O pico da dependência dos bancos junto do BCE foi fixado em Agosto, quando os empréstimos atingiram 49,12 mil milhões. Desde então têm vindo a descer, apesar de continuar ainda em níveis historicamente elevados. No início deste ano situava-se nos 15,2 mil milhões de euros.

Na reunião deste mês, Jean-Claude Trichet anunciou que o BCE vai continuar a financiar o sistema financeiro dos países da Zona Euro em dificuldades, uma medida que aliviou os receios dos investidores, de que os apoios seria retirados já no início do próximo ano.



Ver comentários
Saber mais BCE banca espanhola dependência Novembro
Mais lidas
Outras Notícias