Bolsa Energéticas compensam queda das tecnológicas em Wall Street

Energéticas compensam queda das tecnológicas em Wall Street

As bolsas norte-americanas abriram pouco alteradas, depois de ontem terem recuado. Os ganhos nos títulos da energia, à conta da valorização do petróleo, estão a contrabalançar com os resultados abaixo do esperado da Microsoft e da Google.
Energéticas compensam queda das tecnológicas em Wall Street
Carla Pedro 22 de abril de 2016 às 14:45

O índice industrial Dow Jones segue a subir 0,14%, para 18.006,96 pontos, ao passo que o Standard & Poor’s 500 cede 0,10% para 2.089,01 pontos.

 

O índice tecnológico Nasdaq Composite, por seu lado, perde 0,58%, a valer 4.917,28 pontos.

 

Os títulos ligados às matérias-primas estão a dar o mote às subidas do Dow Jones, sustentados pela valorização dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

 

Em contraciclo estão as tecnológicas, que esta semana têm estado em destaque na apresentação das contas do primeiro trimestre nos EUA – contas essas que, no geral, desanimaram os investidores.

 

Na segunda-feira, 18 de Abril, a IBM e a Netflix reportaram os seus resultados do primeiro trimestre do ano, que desagradaram ao mercado.

 

Na terça-feira foi a vez da Yahoo e da Intel e ontem, quinta-feira, foram a Google e a Microsoft a divulgarem ao mercado os seus números trimestrais – que ficam também aquém do esperado.

 

A Google – substituída em bolsa pela Alphabet, que a detém a 100% no âmbito da nova estrutura operacional anunciada no passado dia 10 de Agosto – segue a cair em torno de 5% e a Microsoft afunda 6%.

 

Do lado dos ganhos, destaque para a Advanced Micro Devices, que dispara 28% depois de ter estimado receitas para o segundo trimestre superiores ao projectado pelo consenso de mercado e de ter anunciado um acordo de licenciamento com uma joint-venture chinesa de apoio estatal.

 

A McDonald’s, por seu turno, avança 1,7% animada pelos seus lucros acima das expectativas. O mesmo não acontece com a General Motors, que cede 1% depois de reportar vendas ligeiramente aquém do esperado.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI