Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Entrada em bolsa da Science4you mais focada nos investidores de retalho

A empresa de brinquedos Science4you prepara-se para entrar em bolsa, numa altura em que várias empresas têm desistido da entrada no mercado de capitais. Há espaço para institucionais, mas conta sobretudo com os investidores de retalho.

Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 08 de Novembro de 2018 às 12:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Science4you, empresa de brinquedos, quer lançar-se na bolsa portuguesa e espera concluir a subscrição até Janeiro. Questionado sobre o foco da operação, o CEO, Miguel Pina Martins, assume que conta sobretudo com os investidores de retalho.

"Nós não excluímos institucionais. Só temos uma exclusão, que é mais de 2 milhões de euros", explica o CEO em declarações aos jornalistas no Web Summit. "Um investidor institucional pode também investir, vai é ter de ir à tranche que está no retalho", conclui.

Acerca do interesse demonstrado por possíveis investidores, Miguel Pina Martins diz que já fez "vários contactos" e que não avançam para a IPO "com uma venda", mas "o momento mais crítico" será sempre na altura da oferta. 

Para permitir a entrada de capital - que pode ir até 15 milhões de euros - "a maior parte dos investidores" vai abdicar de parte da sua posição, embora nenhum se retire na totalidade ou em mais de 50%, garante o CEO. 

Os prazos da operação, segundo o CEO, são para já incertos. Miguel Pina Martins espera ver concluído o processo de subscrição nos próximos dois meses, mas não garante que Janeiro seja o mês da entrada em bolsa. "Vamos ver. Estamos dependentes do mercado e do regulador", ressalva.

(Notícia actualizada às 13:26)
Ver comentários
Saber mais Web Summit Science4you IPO CEO Miguel Pina Martins economia negócios e finanças
Outras Notícias