Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Especulação de carência de produção das refinarias impulsiona petróleo

O petróleo superou os 57 dólares em Nova Iorque, o valor mais elevado desde 5 de Abril, com a preocupação de que as refinarias não terão capacidade para produzir o suficiente de matérias acabadas, como o gasóleo para aquecimento para o Inverno, de maneira

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 17 de Junho de 2005 às 10:46

O petróleo superou os 57 dólares em Nova Iorque, o valor mais elevado desde 5 de Abril, com a preocupação de que as refinarias não terão capacidade para produzir o suficiente de matérias acabadas, como o gasóleo para aquecimento para o Inverno, de maneira a responder ao aumento da procura.

O West Texas Intermedite (WTI) [cl1], negociado em Nova Iorque, subia 1,01% para os 57,15 dólares, depois de ter negociado nos 57,25 dólares, o valor mais alto desde Abril. O «brent» [co1], transaccionado em Londres, avançava 0,84% para os 56,69 dólares.

As reservas de gasóleo para aquecimento, agrupado nos combustíveis destilados e mais procurados no Inverno, não recuperaram do nível abaixo da média para esta altura do ano apesar das refinarias estarem a produzir perto da sua capacidade máxima.

O crude adicional que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) pode fornecer é de um segmento de baixa qualidade que não é o mais indicado para fabricar combustíveis, o que aumenta a preocupação do mercado.

A maioria dos analistas e estrategas consultados pela Bloomberg estimam que o petróleo mantenha a tendência de subida na próxima semana.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio