Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ESR mantém «venda» e alvo de 3,1 euros para acções da Sonaecom

A Espírito Santo Research (ESR) mantém o preço-alvo de 3,1 euros para as acções da Sonaecom e a recomendação de venda, tendo em conta os riscos de pressão sobre as margens que persistem no mercado móvel português.

Negócios negocios@negocios.pt 09 de Agosto de 2005 às 14:23
  • Partilhar artigo
  • ...

A Espírito Santo Research (ESR) mantém o preço-alvo de 3,1 euros para as acções da Sonaecom e a recomendação de venda, tendo em conta os riscos de pressão sobre as margens que persistem no mercado móvel português.

Numa nota de «research», citada pela agência Lusa, a ESR considera que a estratégia da Sonaecom no negócio de rede móvel é a mais apropriada e sustentável a médio prazo, mas o problema é que esta estratégia «directa» é mais dispendiosa.

Os analistas continuam a manifestar alguma preocupação em relação ao lançamento em Junho das operadoras de «baixo custo» da TMN (UZO) e da Optimus (Rede4), cujo aumento de subscritores poderá ultrapassar as expectativas dos operadores e contribuir para a redução da média de receitas por minuto.

Os especialistas entendem que ainda não é possível definir quando é que a rentabilidade do negócio móvel começará a aumentar. O lucro da Sonaecom caiu 6%no primeiro semestre deste ano, face ao período homólogo para 5,8 milhões de euros, um valor que ficou abaixo do esperado pelos analistas. As receitas do serviço da Optimus caíram também 6% enquanto que o volume de negócios da Sonaecom fixo subiu um por cento.

As acções da Sonaecom subiam 0,31% para os 3,20 euros.

Outras Notícias