Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euribor regressam aos ganhos após terem recuado na sessão de ontem

As taxas de referência interbancária voltaram hoje novamente a subir, após terem recuado ontem na generalidade das maturidades. É cada vez mais certo que a autoridade monetária europeia irá descer os juros até ao final do ano.

Andreia Major amajor@negocios.pt 19 de Outubro de 2011 às 10:19
As taxas utilizadas nas operações interbancárias e de referência a contratos de empréstimos, voltaram hoje a subir em todos os prazos. Ontem as Euribor recuaram na generalidade das maturidades.

A queda das taxas interbancárias é um reflexo da expectativa crescente dos economistas e bancos de investimento de que o Banco Central Europeu (BCE) irá cortar a taxa de juro de referência da Zona Euro, ainda até ao final deste ano, ou no início do próximo.

Alguns bancos centrais estimavam mesmo que o banco central pudesse cortar a taxa em 50 pontos base já na reunião de Outubro. As Euribor reagem com sensibilidade ao nível do preço do dinheiro definido pela autoridade monetária da Zona Euro.

No início do mês, Jean-Claude Trichet, presidente do BCE, decidiu manter os juros inalterados em 1,5%, não descendo a taxa de juro como era esperado por alguns economistas, o que tem animado a evolução das Euribor.

No prazo a um mês, a Euribor avançou 0,3 pontos base para 1,368%. Também na maturidade a três meses, a taxa interbancária acrescentou 0,3 pontos base para 1,582%. A seis meses a taxa subiu 0,3 pontos base para 1,783%.

No longo prazo, a nove meses a taxa somou 0,6 pontos base para os 1,952%, e a doze meses aumentou 0,5 pontos base para os 2,122%.

A Comissão Europeia está a investigar a fixação da taxa Euribor. A iniciativa europeia integra-se numa investigação mundial sobre eventual manipulação das taxas de juro interbancárias que servem de referência a biliões de contratos de empréstimo, e vários bancos europeus viram documentos apreendidos.

A Comissão Europeia está a investigar a forma como os 40 bancos europeus fixam diaramente a taxa de juro “benchmark” europeia, a Euribor, que serve de referência a biliões de empréstimos e outros instrumentos de dívida concedidos na Zona Euro.

Ontem, foram apreendidos documentos em várias instituições financeiras, incluindo “um grande banco francês” e um “grande banco alemão”, cujos nomes não foi possível apurar.
Ver comentários
Saber mais Euribor taxa de juro BCE
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio