Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro em queda já negoceia em mínimos de Março de 2015

A moeda europeia está perto de negociar abaixo de 1,05 dólares, devido à expectativa reforçada de aumento dos juros nos EUA.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 24 de Novembro de 2016 às 07:58
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

O Euro já atingiu um novo mínimo esta quinta-feira, 24 de Novembro. A moeda europeia está a descer 0,17% para 1,0535 dólares e esta manhã já negociou nos 1,0520 dólares.

 

Esta cotação corresponde ao valor mais baixo desde Março do ano passado, sendo que até ontem estava em mínimos de Dezembro de 2015.

 

A desvalorização do euro surge numa tendência de reforço da moeda norte-americana contra as principais divisas mundiais devido à espectativa que a Reserva Federal vai subir os juros em Dezembro e poderá adoptar uma postura mais agressiva no agravamento do preço do dinheiro.

 

As poucas dúvidas que ainda existiam sobre a subida de juros em Dezembro foram ontem dissipadas. As minutas da Fed da última reunião foram ontem reveladas e mostram que os responsáveis de política monetária dos EUA estão preparados para agravar os juros já na próxima reuinão.

Esta notícia reforçou a tendência de subida do dólar, que de acordo com a Bloomberg está a negociar em máximos da década face ao cabaz das 10 principais divisas mundiais. A subida do dólar ganhou força desde a vitória de Donald Trump nas eleições dos EUA (nas últimas 10 sessões o euro perde cerca de 7% face ao dólar), com os investidores a acreditarem acreditam que o plano do presidente eleito vai impulsionar a inflação e o crescimento económico, sobretudo nos Estados Unidos, o que vai resultar numa subida mais rápida que o esperado nos juros da Fed.  

 

Esta tendência de queda do euro face ao dólar levou já muitos analistas a antecipar que a paridade entre as duas moedas poderá estar para breve, sobretudo se a Fed confirmar que vai ser mais agressiva na subida dos juros. Até porque o BCE deverá continuar a política monetária fortemente acomodatícia na Zona Euro.

 

Ver comentários
Saber mais Reserva Federal EUA Donald Trump euro dólar
Outras Notícias