Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro abaixo dos 1,26 dólares com dados dos EUA e mais pressões sobre BCE

O euro seguia hoje de novo em queda, atingindo um mínimo da semana abaixo dos 1,26 dólares, depois dos Estados Unidos terem anunciado dados económicos positivos e mais um responsável político ter pressionado o Banco Central Europeu.

Negócios negocios@negocios.pt 15 de Janeiro de 2004 às 18:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro seguia hoje de novo em queda, atingindo um mínimo da semana abaixo dos 1,26 dólares, depois dos Estados Unidos terem anunciado dados económicos positivos e mais um responsável político ter pressionado o Banco Central Europeu.

O euro descia 0,4% para os 1,2596 dólares, valor que contrasta com os 1,2899 dólares, que corresponde ao máximo histórico fixado na segunda-feira.

Hoje o Chanceler da Áustria Wolfgang Schuessel afirmou que o Banco Central Europeu deveria baixar os juros para suster a valorização do euro face ao dólar, que ascende a 43% nos dois últimos anos.

Schuessel é o quinto responsável político europeu a fazer pressões sobre a autoridade monetária da Zona Euro, depois de homólogos seus de Itália, França, Bélgica e Alemanha também terem apelado para uma intervenção do BCE.

Entre os dados económicos, os preços no consumidor dos EUA subiram 0,2% em termos mensais em Dezembro passado, e os custos excluindo bens alimentares e energéticos em 2003 registaram a menor subida em 43 anos, revelou hoje o Departamento do Trabalho.

Foi ainda anunciado que o número de pedidos iniciais de subsídio ao desemprego atingiu os 343 mil na semana que terminou sábado passado nos EUA, uma redução de 11 mil registos, ficando abaixo das perspectivas dos analistas.

As vendas a retalho nos Estados Unidos cresceram 5,6% o ano passado, no melhor ano desde 2000 e que compara com o crescimento de 3,1% em 2002, anunciou hoje o Departamento do Comércio.

Ver comentários
Outras Notícias