Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro avança contra principais moedas mundiais

A moeda única da Zona Euro seguia a negociar em alta contra o dólar com os ataques israelitas à Faixa de Gaza a penalizarem a divisa da maior economia do mundo. No entanto os ganhos do euro registam-se também frente à libra, ao iene e ao rublo.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 29 de Dezembro de 2008 às 16:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A moeda única da Zona Euro seguia a negociar em alta contra o dólar com os ataques israelitas à Faixa de Gaza a penalizarem a divisa da maior economia do mundo. No entanto os ganhos do euro registam-se também frente à libra, ao iene e ao rublo.

Contra a moeda norte-americana, o euro seguia a valorizar 1,54% para os 1,4245 dólares, depois de já ter valorizado 2,39%. O euro mantém assim a tendência positiva das últimas cinco semanas, tendo registado uma valorização de mais de 11%, no período.

A desvalorização que o euro regista desde o início do ano está a diminuir com os ganhos da moeda única nas últimas sessões. Desde o início do ano o euro regista uma queda de 2,37%.

O agravar da tensão no Médio Oriente, depois de Israel ter atacado a Faixa de Gaza, está a penalizar o dólar uma vez que “quando há risco geopolítico naquela região, o dólar tende a ser vendido”, referiu um operador à Bloomberg.

Scott Ainsbury da FX Concepts, citado pela agência noticiosa norte-americana, acredita que “as pessoas estão à procura de razões para vender o dólar” e a instabilidade que se vive na Faixa de Gaza é disso exemplo.

Euro reforça máximo frente à libra

A moeda única da Zona Euro seguia a tendência positiva também face à libra, tendo reforçado o máximo histórico, aproximando-se cada vez mais da paridade. As estimativas de uma continuação da queda dos preços dos imóveis no Reino Unido está a penalizar a divisa da região.

Contra a moeda inglesa, o euro ganhava 1,65% para os 0,97688 libras, depois de ter tocado nos 0,97995 libras, o valor mais elevado desde que a moeda única entrou em circulação, em 1999.

O euro tem negociado em alta contra à libra a beneficiar dos dados económicos negativos que são divulgados no Reino Unido e das expectativas de um novo corte de juros para estimular a economia.

A taxa de referência no Reino Unido já se encontra inferior à da Zona Euro, o que levaria a uma redução da procura da divisa inglesa ainda maior uma vez que o retorno dos investimentos denominados em euros seria maior.

A penalizar a sessão de hoje esteve a divulgação de um relatório que indica que o preço das casas no Reino Unido deverá continuar a cair em 2009.

Euro em alta contra rublo e contra o iene

A divisa da Zona Euro seguia a negociar em alta também frente ao rublo depois das autoridades russas terem provocado a desvalorização da sua moeda pela décima segunda vez em sete semanas.

O euro avançou 2,6% para os 41,7245 rublos, o valor mais alto de sempre, num dia em que a moeda única também ganha terreno frente à moeda japonesa, negociando nos 128,36 ienes.

Os responsáveis russos têm provocado a desvalorização da sua moeda como forma de compensar a queda dos preços do petróleo, o que tem reduzido o valor das suas exportações.

Ver comentários
Outras Notícias