Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro cai para mínimos de um mês com dados favoráveis aos EUA

O euro deslizou para mínimos de um mês face ao dólar depois de ter sido divulgado que as empresas nos EUA adicionaram, inesperadamente, empregos, este mês.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 30 de Julho de 2008 às 15:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O euro deslizou para mínimos de um mês face ao dólar depois de ter sido divulgado que as empresas nos EUA adicionaram, inesperadamente, empregos, este mês.

Contra a moeda norte-americana, o euro depreciava 0,31% para os 1,5539 dólares depois de ter tocado o valor mais baixo desde o dia 24 de Junho nos 1,5522 dólares.

As empresas norte-americanas aumentaram os seus postos de trabalho de forma inesperada no mês de Julho. Este ganho segue-se a uma queda maior que a esperada no mês anterior.

Em Julho, as empresas da maior economia do mundo aumentaram os seus postos de trabalho em cerca de nove mil. Estes valores seguem-se a uma queda de 77 mil postos no mês de Julho, de acordo com um estudo do ADP, citado pela Bloomberg.

A pressionar o euro está também o facto da confiança na Europa ter caído o máximo desde os ataques terroristas nos EUA que ocorreram dia 11 de Setembro de 2001, uma vez que os preços elevados da energia e a valorização do euro prejudicaram consumidores e empresários.

Já ontem, a moeda única europeia tinha perdido mais de 1% depois de ter sido revelado nos EUA que a confiança dos consumidores subiu, em Julho, recuperando do mínimo de Fevereiro de 1992 atingido no mês anterior enquanto, na França caiu, no mesmo mês, para o nível mais baixo dos últimos 12 anos.

Ver comentários
Outras Notícias