Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro desvaloriza com declarações de responsável da Fed

O euro seguia a desvalorizar face ao dólar, em reacção às declarações do presidente da Reserva Federal de Chicago, que afirmou que as pressões inflacionistas tem de ser combatidas com aumentos dos juros.

Negócios negocios@negocios.pt 08 de Setembro de 2005 às 17:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro seguia a desvalorizar face ao dólar, em reacção às declarações do presidente da Reserva Federal de Chicago, que afirmou que as pressões inflacionistas tem de ser combatidas com aumentos dos juros.

O euro descia 0,13% para 1,2400 dólares.

Michael Moskow, da Fed de Chicago, disse ontem que as potenciais pressões inflacionistas na economia têm de ser combatidas com aumentos das taxas de juro, o que veio desvanecer as perspectivas que a autoridade monetária poderia fazer uma pausa no aumento do preço do dinheiro para ajudar a economia a recuperar dos efeitos do furacão Katrina.

Estas declarações sugerem que a Fed poderá prosseguir com a estratégia de aumentar os juros, apesar de estes já terem aumentado 10 vezes desde Junho de 2004.

É que o furacão, apesar de ter um impacto negativo na economia, provocou também uma valorização dos preços do petróleo, o que provoca uma subida dos preços dos bens energéticos.

Por outro lado, a impedir uma maior desvalorização na moeda única está o facto de a economia alemã estar a dar sinais sustentados de recuperação. Segundo um relatório hoje divulgado, as exportações da Alemanha subiram pela segunda vez em três meses, juntando-se a outros sinais de crescimento da economia, reportados esta semana.

Outras Notícias