Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro desvaloriza com previsível subida nos juros dos Estados Unidos

O euro atingiu o mínimo dos últimos cinco meses relativamente ao dólar, depois de Robert Perry, presidente do Banco da Reserva Federal de São Francisco ter afirmado que as taxas de juro vão subir «significativamente a dada altura» nos EUA.

Negócios negocios@negocios.pt 21 de Abril de 2004 às 18:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro atingiu o mínimo dos últimos cinco meses relativamente ao dólar, depois de Robert Perry, presidente do Banco da Reserva Federal de São Francisco ter afirmado que as taxas de juro vão subir «significativamente a dada altura» nos EUA.

O euro seguia a depreciar 0,12% para os 1,1854 dólares.

Anteriormente aos comentários prestados por Perry no Gettysburg College, Pennsylvania, já Alan Greenspan, presidente da Reserva Federal norte-americana havia referido a necessidade de subida da taxa de juro de referência dos EUA.

Greenspan falou perante o comité económico do Congresso, anunciando que a taxa de juro de referência em vigor nos EUA, de 1%, «tem de subir», eventualmente com forma de controlar a subida na inflação.

Segundo Tim Stewart, responsável da Morgan Stanley, em Nova Iorque, «o foco virou-se para uma estratégia de abandono de baixas taxas de juro de curto prazo.

De acordo com o mesmo, o dólar será transaccionado entre os 1,15 e 1,25 dólares por euro até ao final do ano, sendo que a subida da taxa de juro por parte da Reserva Federal norte-americana ocorrerá em Agosto.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias