Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro em máximo de dois meses com dados económicos desfavoráveis ao dólar

O euro valorizava, negociando em máximos de mais de dois meses, depois de terem sido divulgados dados desfavoráveis ao dólar.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 14 de Novembro de 2006 às 14:49

O euro valorizava, negociando em máximos de mais de dois meses, depois de terem sido divulgados dados desfavoráveis ao dólar.

Contra a moeda norte-americana o euro valorizava 0,37% para os 1,2853 dólares, valor mais elevado desde o dia 4 de Setembro.

Os preços dos grossistas caíram mais do que o esperado enquanto as vendas a retalho deslizaram pelo segundo mês consecutivo.

Os sinais de que a inflação está controlada nos EUA poderão aumentar a especulação de que a Reserva Federal (Fed) vai reduzir os juros depois de ter parado o ciclo de subidas - que durava há dois anos - em Agosto.

No ano passado, o euro desvalorizou cerca de 13% face ao dólar exactamente devido ao diferencial nos juros praticados nos dois lados do Atlântico. Por isso, quanto mais a Fed reduzir e mais o Banco Central Europeu (BCE), subir menor será o diferencial, o que será benéfico para a moeda única europeia.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio