Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro em máximos perto a verificar maior subida mensal dos últimos 18 meses

O euro negociava no valor mais elevado desde Setembro, acima dos 1,25 dólares, e prepara-se para registar o maior acréscimo mensal dos últimos 18 meses contra a moeda norte-americana, numa altura em que aumenta a especulação em torno de uma pausa no ciclo

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 28 de Abril de 2006 às 10:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro negociava no valor mais elevado desde Setembro, acima dos 1,25 dólares, e prepara-se para registar o maior acréscimo mensal dos últimos 18 meses contra a moeda norte-americana, numa altura em que aumenta a especulação em torno de uma pausa no ciclo de subidas de juros no Estados Unidos.

O euro [eur] subia 0,11% para os 1,2547 dólares, e prepara-se para valorizar mais de 3,5% este mês contra o dólar, o que representa a maior subida dos últimos 18 meses.

A razão principal para este ganho está relacionada com as alterações das taxas de juros nos EUA e na Zona Euro.

Ontem o presidente da Reserva Federal (Fed) norte-americana, Ben Bernanke, sugeriu que a autoridade monetária do país pode fazer uma paragem no ciclo de subidas de juros nos EUA, isto numa altura em que o mercado antevê que na Europa, o Banco Central Europeu (BCE), anuncie mais do que uma subida de juros nos próximos meses.

Em 2005 o dólar encerou a ganhar mais de 12% contra o euro, o que correspondeu ao primeiro ano em quatro de ganhos para a moeda norte-americana. A subida foi justificada pela subida de juros nos EUA. A Fed subiu por oito vezes os juros só durante 2005, enquanto o BCE manteve, até Dezembro, a taxa de referência para a Zona Euro inalterada nos 2%.

A subida de juros impulsiona as moedas, uma vez que quanto maior forem os juros maior será o retorno dos investimentos denominados em determinada moeda.

O facto de Ben Bernanke ter sugerido que a Fed pode fazer uma pausa na subida de juros dá espaço para que o diferencial de juros existentes entre os EUA e a Zona Euro diminua.

Actualmente os juros na Zona Euro estão nos 2,5% enquanto os EUA praticam uma taxa de 4,75%.

Ver comentários
Outras Notícias