Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro intensifica perdas após declarações de Trichet

A moeda única continua a perder terreno face ao dólar e intensifica as perdas, pressionada pelas declarações feitas por Trichet no final da reunião do BCE. Também os estímulos económicos que deverão ser anunciados pela Reserva Federal para impulsionar o crescimento da economia norte-americana estão a enfraquecer o euro.

Andreia Major amajor@negocios.pt 04 de Agosto de 2011 às 15:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A moeda única segue a perder 1,06% para 1,4171 dólares. As declarações proferidas por Jean-Claude Trichet no final da reunião mensal do BCE estão a pesar sobre a moeda única.

O presidente da instituição anunciou que a autoridade monetária
irá disponibilizar um novo empréstimo aos bancos europeus com um prazo de seis meses, uma medida que visa aliviar os bancos das pressões que resultam do agravar das condições financeiras na Zona Euro.

Trichet adiantou também que O BCE voltou ao mercado para comprar obrigações, uma decisão que foi tomada sem unanimidade entre os membros do BCE, o que está a contribuir para a desvalorização do euro.

A pressionar a moeda europeia estão ainda as expectativas dos investidores de que a Reserva Federal dos Estados Unidos deverá anunciar novos estímulos à economia, com vista a impulsionar o seu crescimento.

Os estímulos que pretendem incentivar o crescimento da economia norte-americana consistem, entre outras medidas, no aumento da liquidez, o que está a beneficiar a moeda norte-americana já que a Fed continua a demonstrar estar disponível para apoiar a economia.

O BCE decidiu na reunião de hoje, como já era esperado, manter a taxa de juro da Zona Euro em 1,5% e surgem agora dúvidas quanto à data da próxima subida da taxa directora. Ao que tudo indica, não deverá ser já em Outubro, como era previsto antes.
Ver comentários
Saber mais euro dólar Trichet BCE Estados Unidos Fed
Outras Notícias