Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro no máximo de três meses face ao dólar

O euro regista hoje a subida mais acentuada desde 6 de Outubro de 2004 contra o dólar, devido ao abrandamento da actividade industrial nos EUA em Dezembro e à maior queda do desemprego alemão dos últimos 15 anos.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 03 de Janeiro de 2006 às 17:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro regista hoje a subida mais acentuada desde 6 de Outubro de 2004 contra o dólar, devido ao abrandamento da actividade industrial nos EUA em Dezembro e à maior queda do desemprego alemão dos últimos 15 anos.

Os dados económicos divulgados deixam pensar que o BCE poderá aumentar taxas de juro, ao passo que a Reserva Federal (Fed) norte-americana deverá estar quase a terminar o movimento de subida no preço do dinheiro.

A moeda europeia ganhava 1,31%, para 1,1975 dólares, o que correspondia à maior subida dos últimos três meses. Greg Anderson, estratega cambial do ABN Amro, prevê uma plataforma de 1,20 dólares por euro dentro de três meses, segundo a agência Bloomberg.

Os operadores cambiais também estiveram a especular em torno das minutas da reunião da Fed de 13 de Dezembro, que seriam divulgadas ainda ontem, afirmando que dariam provas de que os responsáveis do banco central norte-americano em breve abandonarão a política de subida das taxas de juro.

Com efeito, na última reunião da Fed, o Comité do Open Market já não referiu, na sua declaração, que os juros estavam num nível que estimularia o crescimento, um sinal de que aquele banco central em breve mudará a sua política.

Ver comentários
Outras Notícias