Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro perto de quebrar os 1,30 dólares com crise grega a penalizar

O euro segue a desvalorizar para negociar no valor mais baixo de um ano face ao dólar, cada vez perto de baixar dos 1,30 dólares, perante preocupações de que o pacote de ajudas à Grécia, no valor de 110 mil milhões de euros, falhe em conter a crise com a dívida do país e se alastre a outros Estados membros da Zona Euro.

Negócios negocios@negocios.pt 04 de Maio de 2010 às 16:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O euro segue a desvalorizar para negociar no valor mais baixo de um ano face ao dólar, cada vez perto de baixar dos 1,30 dólares, perante preocupações de que o pacote de ajudas à Grécia, no valor de 110 mil milhões de euros, falhe em conter a crise com a dívida do país e se alastre a outros Estados membros da Zona Euro.

Contra a moeda norte-americana o euro desliza 1,28% para os 1,3026 dólares depois de ter desvalorizado 1,3% para o valor mais baixo em um ano nos 1,3023 dólares.

A moeda única europeia está também em queda face a outras divisas mundiais, devido à especulação que a crise grega se está a espalhar a outros países da Zona Euro, como Portugal, Espanha, Irlanda e Itália.


A queda do euro está essencialmente relacionada com o facto dos investidores procurarem mais sinais de que o pacote de ajudas à Grécia vai, de facto, resolver o problema da dívida grega e conter o contágio a outros países do euro.

O foco dos mercados está hoje na Espanha – a bolsa e as obrigações estão em forte queda – o que aumenta as preocupações dos investidores, devido à maior dimensão da economia, a quarta maior da União Europeia.

O Nobel da Economia e euro céptico Joseph Stiglitz voltou hoje a fazer previsões sombrias para a moeda europeia, ao considerar que o euro "pode ter um futuro limitado", avançando mesmo que a crise na Grécia pode significar "o fim do euro".

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias