Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro pouco alterado apesar de sinais de degradação da economia alemã

O euro seguia pouco alterado, a ganhar 0,08% face ao dólar, apesar das vendas a retalho na Alemanha terem recuado inesperadamente em Dezembro, indiciando que a maior economia da Zona Euro poderá continuar a abrandar.

João Mata 14 de Fevereiro de 2002 às 17:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O euro seguia pouco alterado, a ganhar 0,08% face ao dólar, apesar das vendas a retalho na Alemanha terem recuado inesperadamente em Dezembro, indiciando que a maior economia da Zona Euro poderá continuar a abrandar.

A divisa europeia [EUR] cotava nos 0,8716 dólares e registava uma desvalorização de 0,76% relativamente à moeda nipónica, ao valer 115,29 ienes.

As vendas a retalho na Alemanha caíram 4,1% em Dezembro, face ao mês anterior, segundo dados divulgados hoje pelo Bundesbank. Excluindo o sector automóvel, as vendas teriam recuado 5,1% relativamente a Novembro.

Estes dados sugerem que o consumo poderá continuar a cair nos próximos tempos, dificultando a retoma da economia germânica, que representa cerca de um terço do produto interno bruto (PIB) da Zona Euro.

Nos Estados Unidos (EUA), os «stocks» das empresas desceram 0,4% em Dezembro, registando a décima primeira quebra consecutiva, em consequência do abrandamento na produção, face à diminuição da procura.

No entanto, os novos pedidos de subsídios de desemprego nos EUA recuaram em oito mil na semana passada, para um total de 373 mil. Esta foi a sexta semana consecutiva em que este indicador permaneceu abaixo dos 400 mil.

Estes dados indiciam que o emprego deverá recuperar nos próximos tempos, levando ao aumento dos rendimentos das famílias, o que poderá beneficiar o consumo nos EUA.

Cada euro vale 200,482 escudos.

Outras Notícias