Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro regressa aos 1,30 dólares após Eurogrupo aprovar ajuda ao Chipre

O Eurogrupo aprovou no domingo à noite o programa de ajuda ao Chipre, o que aliviou a pressão sobre a Europa. A moeda única segue a valorizar e negoceia acima de 1,30 dólares.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 25 de Março de 2013 às 07:34
  • Partilhar artigo
  • ...

O euro sobe 0,29% para 1,3027 dólares, o que ainda assim corresponde a uma queda de cerca de 1% desde o início do ano.

 

A moeda única tem sido fustigada pela crise que impera na Europa e que nas últimas semanas se intensificou devido aos receios em torno do Chipre. No dia 15 de Março, os ministros das Finanças da Zona Euro, o Eurogrupo, aprovaram um plano de ajuda financeira que incluía uma taxa sobre os depósitos. Uma medida que foi chumbada no parlamento cipriota.

 

Se por um lado, quando foi anunciada, esta medida aumentou os receios em torno do sector financeiro, com os investidores e consumidores a recearem que outros países implementassem impostos sobre os depósitos, por outro lado, o chumbo da medida aumentava o risco do Chipre entrar em bancarrota. O que também provocou quedas acentuadas nas bolsas e na moeda única.

 

Este domingo o Eurogrupo voltou a reunir-se, através de teleconferência, e aprovou um novo programa, que inclui o fecho do segundo maior banco cipriota, o Laiki, e uma perda de até 40% nos depósitos acima dos 100 mil milhões de euros. Esta perda ainda não se sabe como será aplicada, mas o ministro das Finanças alemão terá dito, de acordo com imprensa internacional, que este programa não tem de ter o aval do Parlamento cipriota, pelo que será mais fácil implementar o programa.

Ver comentários
Saber mais Eurogrupo Chipre euro moeda única câmbio
Outras Notícias