Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro sobe após dados do desemprego dos Estados Unidos

O euro avançou face ao dólar depois do governo dos EUA ter divulgado que os pedidos iniciais de desemprego aumentaram mais do que o esperado pelos analistas e que a inflação ficou inalterada, o que poderá assinalar que a Reserva Federal do país poderá não

Negócios negocios@negocios.pt 31 de Março de 2005 às 19:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O euro avançou face ao dólar depois do governo dos EUA ter divulgado que os pedidos iniciais de desemprego aumentaram mais do que o esperado pelos analistas e que a inflação ficou inalterada, o que poderá assinalar que a Reserva Federal do país poderá não necessitar de subir a taxa de juro tanto como era previsto.

Contra a moeda norte-americana, o euro avançava 0,42% para os 1,2969 dólares.

Os novos pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos aumentaram em 20 mil, para 350 mil, um número que ficou acima das previsões dos economistas.

O valor registado na semana passada é o mais elevado desde 8 de Janeiro, mas segundo o Departamento do Trabalho, estes números podem estar sobrestimados, devido às dificuldades de ajustar sazonalmente, com os feriados da Páscoa.

Os economistas antecipavam um decréscimo no número de pedidos para 320. Amanhã serão conhecidos os dados do emprego de Março, com os economistas à espera que tenham sido criados 262 mil novos postos de trabalho.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias