Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon acompanha tendência europeia

A bolsa nacional negociava em subida, com o PSI-20 a avançar 0,29%, em linha com os restantes índices europeus. A PT e Brisa eram os títulos que mais ajudavam à valorização do índice, enquanto a EDP e a Portucel travavam uma maior descida.

Negócios negocios@negocios.pt 13 de Novembro de 2003 às 11:42
  • Partilhar artigo
  • ...

Na Alemanha, o DAX [DAX] liderava os ganhos em 1,28% nos 3.796,49 pontos com a fabricante de semicondutores Infineon a ganhar 3,7% para os 12,86 euros. A acompanhar a tecnológica, o banco HVB avançava 3,4% para os 19,13 euros e a fabricante de material electrónico Siemens valorizava 2,6% para os 62,29 euros.

A Deutsche Telekom, maior companhia de telecomunicações da Europa, aumentou os seus lucros no terceiro trimestre, impulsionados por um crescimento de 16% nas vendas da unidade de comunicações móveis. A operadora alemã valorizava 1,3% para os 13,76 euros.

O AEX de Amesterdão avançava 1,15% para os 340,74 pontos. A contribuir mais para a subida do índice estava a fabricante de produtos electrónicos Philips que avançava 1,69% para os 24,05 euros, juntamente com o banco ABN Amro que ganhava 1,41% para os 18,71 euros e com o banco ING que subia 1,12% para os 18,96 euros. A travar uma subida mais expressiva do índice estava a distribuidora de produtos de limpeza Unilever, que deslizava 0,77% para os 51,35 euros.

Em Paris, o CAC 40 [CAC] avançava 0,82% para os 3.439,12 pontos. A operadora de telecomunicações France Telecom subia 1,2% para os 21,22 euros, juntamente com fabricante de semicondutores ST Microeletronics que avançava 1,2% para os 23,84 euros. A empresa de media TF1 liderava os ganhos em 3,9% para os 26,38 euros.

Em Madrid, o IBEX 35 [IBEX] negociava ganhando 0,72% nos 7.298,80 pontos. A liderar os ganhos estava a operadora de televisão por cabo Sogecable a valorizar 2,3% para os 24,40 euros, juntamente com a operadora de telecomunicações Telefónica a subir 1,6% para os 10,97 euros e com o Banco Santander que apreciava 1,3% para os 8,57 euros.

O FTSE 100 [UKX] subia 0,64% nos 4.399,30 pontos com a industrial Imperial Chemical a contribuir mais para a valorização da praça londrina em 4,7% para as 2,16 libras (1,85 euros), juntamente com a farmacêutica GlaxoSmithKline que ganhava 2,6% para as 13,63 libras (11,65 euros) e com a fabricante e distribuidora de bebidas alcoólicas que avançava 1,8% para as 7,33 libras (6,27 euros).

Outras Notícias