Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon desce menos que Europa com banca a pressionar (act)

A Euronext Lisbon fechou em queda, de novo pressionada pelo sector bancário, depois do Banco BPI ter apresentado resultados que ficaram no limite inferior das previsões dos analistas. O PSI-20 – com apenas dois títulos a subir - caiu 0,62%, conseguindo se

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 22 de Julho de 2004 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Euronext Lisbon fechou em queda, de novo pressionada pelo sector bancário, depois do Banco BPI ter apresentado resultados que ficaram no limite inferior das previsões dos analistas. O PSI-20 – com apenas dois títulos a subir - caiu 0,62%, conseguindo ser dos poucos índices europeus com uma desvalorização abaixo de 1%.

O PSI-20 [psi20] – que negociou 54 milhões de euros - terminou a sessão nos 7.227,64 pontos, com duas empresas a subir, 16 a descer e outras duas inalteradas.

As bolsas europeias registaram a maior queda desde 12 de Maio – com os principais índices a apresentarem quedas acima de 1% - depois de várias empresas – na Europa e nos Estados Unidos - terem anunciado resultados que ficaram abaixo das previsões dos analistas.

O Banco BPI [BPIN] foi quem mais pressionou o índice, depois de ontem ter anunciado lucros de 86,7 milhões de euros, abaixo das previsões dos analistas, que em média apontavam para valores perto de 90 milhões de euros.

O banco liderado por Fernando Ulrich depreciou 1,64% para os 3 euros, o Banco Espírito Santo [besnn] caiu 1,12% e o Banco Comercial Português [bcp] deslizou 0,56% até aos 1,78 euros.

A Sonae SGPS [son] registou a maior queda entre os títulos do PSI-20, com uma descida de 2,38% até aos 0,82 euros. A empresa, nas últimas 10 sessões, apenas subiu por uma vez. Ainda no Grupo de Belmiro de Azevedo a Sonaecom caiu 0,91% e a Sonae Indústria perdeu 4,86%.

Num dia em que o sector tecnológico comandou a descida dos índices europeus, a Portugal Telecom [ptc] caiu 0,46% para os 5,58 euros. A empresa venceu o concurso para o fornecimento de banda larga a nove mil escolas, deixando para trás as rivais Oni/Novis e Jazztel/Colt, segundo o Jornal de Negócios.

O Credit Suisse estima que a operadora de telecomunicações apresente lucros líquidos de 311,9 milhões de euros no primeiro semestre, mais que o dobro do período homólogo. A PT Multimédia [ptm] perdeu 0,44% para os 17,95 euros.

A Cimpor [cimp] caiu 1,2% para os 4,12 euros, no dia em que a sua accionista Lafarge anunciou uma subida de 6,9% no segundo trimestre. A Brisa [brisa] também contribuiu para a queda do PSI-20, com uma descida de 0,67%.

A Electricidade de Portugal conseguiu travar uma maior queda no índice, ao valorizar 0,42% até aos 2,38 euros. A Semapa foi o outro título que conseguiu fechar com ganhos, avançando 0,8% até aos 3,79 euros.

A ParaRede terminou sem variação nos 0,35 euros, apesar da empresa de novas tecnologias ter anunciado que reduziu a dívida bancária em 91,5%, para 1,87 milhões de euros.

Outras Notícias