Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon fecha a subir com JM e Cimpor em máximos do ano (act)

A Euronext Lisbon fechou a subir pela quarta sessão consecutiva, beneficiando das valorizações da Portugal Telecom e do Banco Comercial Português. O PSI-20 cresceu 0,3%, com a Jerónimo Martins a disparar 7,43% e a SAG a avançar 6,11%. A Cimpor e a JM fixa

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 31 de Outubro de 2003 às 17:19
  • Partilhar artigo
  • ...

A Jerónimo Martins [JMAR] liderou os ganhos no PSI-20, ao valorizar 7,43% para os 8,10 euros, fixando um novo máximo desde Maio de 2002.

A segunda maior distribuidora nacional anunciou ontem que apurou um lucro de 35 milhões de euros e hoje, em conferência com analistas, anunciou um plano de expansão de lojas em Portugal e na Polónia, que agradou aos investidores.

A Soluções Automóvel Globais [SAG] cresceu 6,11% para os 1,39 euros, máximo de seis meses, mantendo a trajectória ascendente desde que anunciou os resultados do terceiro trimestre.

Também com tendência de ganhos está a Cimpor [CIMP], que hoje avançou mais 2,7% para os 3,80 euros, novo máximo desde Junho de 2002.

A cimenteira tem encetado uma trajectória ascendente desde que a Holcim vendeu acções da cimenteira a 4,2 euros e anunciou que pretende sair do capital da empresa a preços idênticos.

A impedir maiores ganhos no PSI-20 estiveram as acções das empresas relacionadas com a privatização da Portucel – que hoje foi chumbada pela Assembleia geral da empresa - e a Electricidade de Portugal.

A eléctrica nacional [EDP] caiu 0,51% para os 1,95 euros, depois de ontem ter anunciado que os lucros dos primeiros nove meses do ano desceram 3,6%, em linha com as previsões.

A Portucel [PTCL] caiu 0,75% para os 1,33 euros e a Sonae SGPS [SON] desvalorizou 3,28% até aos 0,59 euros.

A «holding» de Belmiro de Azevedo anunciou ontem que teve lucros de 180 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, devido a extraordinários de 380 milhões de euros.

Outras Notícias