Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon segue a subir impulsionada pelo BCP (act.)

A bolsa nacional seguia a valorizar, em contra-ciclo com as restantes praças europeias, impulsionada pela subida dos títulos do Banco Comercial Português (BCP) e da PT Multimédia (PTM). O PSI-20 avançava 0,24%.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 25 de Fevereiro de 2004 às 09:50
  • Partilhar artigo
  • ...

A bolsa nacional seguia a valorizar, em contra-ciclo com as restantes praças europeias, impulsionada pela subida dos títulos do Banco Comercial Português (BCP) e da PT Multimédia (PTM). O PSI-20 avançava 0,24%, com o Banco BPI a travar uma maior subida do índice português.

O PSI-20 [PSI20] cotava nos 7.668,15 pontos, tendo ascendido já ao máximo das últimas 52 semanas, nos 7.673,67 pontos, com sete acções a subir, seis inalteradas e sete em queda. Já se registaram hoje quatro novos máximos de empresas listadas no PSI20.

O Banco Comercial Português (BCP) [BCP] liderava os ganhos da sessão, impulsionando o PSI-20, ao avançar 2,05 euros, para 0,99%, com 1,17 milhões de títulos transaccionados.

A subir estava igualmente o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN], que avançava agora 0,21%, para os 14,23 euros, novo máximo desde Março de 2001.

O Banco BPI [BPIN] era o título que mais travava a subida do principal índice português, ao recuar 0,31%, para os 3,24 euros.

No dia em que está prevista a entrega ao Estado das propostas privadas para a compra de 30% da Portucel, a papeleira [PTCL] recuava agora 0,65%, para os 1,53 euros.

A Sonae SGPS [SON] seguia inalterada nos 0,98 euros, com 1,32 milhões de títulos transaccionados, enquanto a Semapa [SEMA] avançava 1,03%, para os 3,92%.

A Cofina [COFI], proprietária do Canal e do Jornal de Negócios, atingiu já um novo máximo de Dezembro de 2000, nos 2,97 euros, apreciando agora 0,68%, para os 2,95 euros.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] recuava 0,11%, para os 9,14 euros, enquanto a sua participada PT Multimédia [PTM] avançava 1,45%, para os 18,20 euros, atingido assim um novo máximo desde Março de 2001.

Também em novos máximos, desta feita desde Maio de 2002, estava a Electricidade de Portugal (EDP), que avançou já esta sessão para os 2,34 euros. A eléctrica [EDP] seguia agora nos 2,32 euros, inalterada.

O título mais transaccionado até agora do PSI-20 era a ParaRede [PARA], com 1,63 milhões de acções a mudarem de mãos. A tecnológica subia 2,78%, para os 0,37 euros.

Outras Notícias