Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa em queda pelo segundo dia devido a desacordo entre França e Alemanha

Os mercados europeus estão hoje a recuar pelo segundo dia, pressionados pelos temores dos investidores em torno da crise da dívida soberana na Europa. Paris e Berlim assumiram posições opostas sobre o papel do BCE, o que está a castigar os mercados.

Andreia Major amajor@negocios.pt 18 de Novembro de 2011 às 09:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Os principais índices do Velho Continente estão está manhã a negociar no vermelho, dado que o renovar dos receios em torno da crise de dívida na Europa continua a centrar as preocupações dos investidores.

Paris e Berlim assumiram posições opostas sobre o papel do BCE. Os mercados estão a castigar França e Espanha.

"Se os políticos pensam que o BCE pode solucionar a crise do euro, estão enganados." Foi assim que Angela Merkel assumiu publicamente discordar do que o ministro francês das Finanças havia dito na noite anterior (anteontem). "O caminho para prevenir o contágio é o FEEF ter uma licença bancária", sublinhou o ministro.

Para a ter, o BCE assumiria o papel de financiador. Um papel muito além daquele que desempenha hoje. Em consequência, Espanha financiou-se anteontem a um preço recorde. França também pagou mais do que o "rating" AAA faria prever.

O principal índice europeu, STOXX-600, segue a recuar 0,94% para 231,77 pontos, a reflectir a incerteza na Europa.

Segue-se o índice português PSI-20, que desvaloriza 0,81% para 5.396,46 pontos, e o IBEX-35 cede 0,43% para 8.234,80 pontos.

O índice londrino Footsie retrocede 1,04% para 5.366,65 pontos, e o francês CAC-40 diminui 0,58% para 2.992,79 pontos. O índice alemão DAX cai 1,27% para 5.775,78 pontos, e o grego ASE/FTSE desce 1,61% para 275,73 pontos.

O holandês AEX perde 0,46% para 288,88 pontos, e o italiano MIBTEL deprecia 0,92% para 15.058,04 pontos.

O BBVA recua 0,51% para 5,86 euros, e o Santander desliza 0,22% para 5,514 euros. A Allianz desce 1,37% para 71,50 euros, e o Deutsche Bank desvaloriza 1,17% para 26,97 euros.

A BP cede 1,55% para 448,55 euros, e o HSBC cai 1,80% para 475,7 euros. O RBS LN desliza 1,95% para 20,10 libras, e o Crédit Suisse perde 2,74% para 20,59 francos suíços.

Ver comentários
Saber mais STOXX-600 PSI-20 IBEX-35 AEX DAC CAC-40 Footsie ASE/FTSE
Outras Notícias