Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa põe fim a ciclo negro de quedas

Principais índices europeus fecharam sessão em alta, pondo termo a período de 7 dias no vermelho. Ainda assim, a maioria chegou a cair mais de 4% durante a sessão de hoje.

Rita Faria afaria@negocios.pt 09 de Agosto de 2011 às 17:32
O dia que prometia ser negro para as bolsas europeias, acabou por se revelar positivo no final da sessão. Assim, a Europa colocou um ponto final num longo período de quedas acentuadas, e terminou o dia em terreno positivo.

A manhã ficou marcada por uma grande volatilidade dos índices europeus, que chegaram a resvalar mais de 4% para mínimos de dois anos, a reflectir o pânico dos investidores. Receosos perante a possibilidade de uma recessão económica global, fugiram em debandada dos mercados accionistas, para se refugiarem em activos de maior segurança, como é o caso do ouro e do franco suíço.

Depois do corte de “rating” dos Estados Unidos no final da semana passada, cresceram as dúvidas sobre a capacidade de a maior economia do mundo conseguir colocar um travão na subida da dívida e do défice, ao mesmo tempo que o fantasma de uma recessão económica global se tornou cada vez mais real e ameaçador aos olhos dos mercados.

O Stoxx Europe 600, que tocou mínimos de 2009 durante o dia, fechou a sessão a subir 1,41% para os 232,20 pontos, sendo que esteve a deslizar pelo oitavo dia consecutivo, o que não acontecia há oito anos.

No entanto, nem todas as praças europeias conseguiram inverter totalmente o sentimento negativo e, apesar de terem fechado com perdas atenuadas, fecharam no vermelho. E neste caso, juntaram-se Portugal, Espanha e a Alemanha.

O PSI-20, principal índice da bolsa de Lisboa, fechou a perder 0,99% para os 5.993,87 pontos, enquanto na vizinha Espanha, o IBEX encerrou o dia a cair 0,36% para os 8.428,90 pontos. Já o DAX, índice alemão, resvalou 0,10% para os 5.917,08 pontos.

Pelo contrário, a liderar as subidas esteve a Bolsa de Londres, que saltou 1,89% para os 5.164,92, acompanhada de perto pelo índice francês, o CAC40, que somou 1,63% para os 3.176,08 pontos. A Bolsa de Atenas também foi contagiada pelo sentimento positivo, e fechou a sessão a subir 0,42% para os 287,05 pontos. No Velho Continente, os sectores que mais subiram foi o da Indústria e do Imobiliário, com avanços superiores a 3%.

Ver comentários
Saber mais Bolsas europeias mercados
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio