Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Exane BNP aumenta "target" da EDP em 18%

O Exane BNP Paribas reviu em alta o preço-alvo para as acções da Energias de Portugal (EDP) em 18% para os 3,23 euros para reflectir o aumento de 13% das estimativas dos lucros por acção da eléctrica para 2008.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 14 de Novembro de 2006 às 11:22

O Exane BNP Paribas reviu em alta o preço-alvo para as acções da Energias de Portugal (EDP) em 18% para os 3,23 euros para reflectir o aumento de 13% das estimativas dos lucros por acção da eléctrica para 2008.

A casa de investimento francesa manteve a recomendação de "underperform" para o preço-alvo de 3,23 euros, um valor que ainda está mais de 9% abaixo da cotação das acções da EDP em bolsa (3,57 euros).

O Exane BNP Paribas reuniu com a EDP depois da apresentação de resultados dos primeiros nove meses do ano e considera que a eléctrica "identificou os principais catalizadores para as acções da EDP", apesar de "se esperar que nenhum destes ‘triggers’ se materializem no curto prazo", adianta a casa de investimento numa nota de "research" hoje emitida.

A recomendação foi mantida em "underperform" com base na avaliação da empresa.

"Acreditamos que as alterações na gestão têm sido as principais impulsionadoras da acção, que superou o sector das ‘utilities’ em 3% desde que revimos em baixa a nossa recomendação para ‘underperform’ em Janeiro", acrescenta a mesma fonte.

A casa de investimento reviu ainda em alta as estimativas de resultados por acção para 2006, 2007 e 2008, depois da EDP ter apresentado os resultados dos primeiros nove meses.

"Aumentámos as nossas estimativas de lucros por acção para 2006 em 16%, depois da subida de 28% das nossas previsões para os lucros antes de impostos".

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio