Bolsa Expectativas em torno de Jackson Hole continuam a animar Europa. PSI-20 no verde

Expectativas em torno de Jackson Hole continuam a animar Europa. PSI-20 no verde

O principal índice da bolsa de Lisboa continua a negociar em terreno positivo, animado nomeadamente pelos ganhos da EDP. As restantes praças europeias continuam no verde, com os investidores à espera do arranque dos trabalhos da conferência de Jackson Hole.
Expectativas em torno de Jackson Hole continuam a animar Europa. PSI-20 no verde
Bloomberg
Ana Laranjeiro 24 de agosto de 2017 às 12:04

A bolsa de Lisboa continua em alta e partilha o sentimento das principais praças europeias. O PSI-20 ganha 0,29% para 5.188,22 pontos, com 11 empresas em alta, sete em queda e uma inalterada.

O resto da Europa continua em também em alta com ganhos inferiores a 1%, com excepção da praça italiana, que sobe 1,13%. Começa esta quinta-feira, 24 de Agosto, o simpósio de Jackson Hole. Os principais banqueiros centrais do mundo vão marcar presença. Os discursos de Janet Yellen, presidente da Reserva Federal dos EUA, e de Mario Draghi, presidente do BCE, estão marcados para amanhã e são dos mais aguardados pelos investidores. O mercado vai tentar encontrar sinais indicativos do rumo da política monetária na maior economia do mundo e na Zona Euro. Draghi, de acordo com fontes da Reuters, não deverá transmitir uma mensagem nova sobre a política monetária para a área do euro.


Em Lisboa destaque para a valorização da EDP, que ganha 1,16% para 3,239 euros, e é um dos títulos que impulsiona o índice nacional. A EDP Renováveis cresce 0,41% para 6,852 euros. A REN aprecia 0,68% para 2,814 euros. E a Galp Energia aprecia 0,29% para 13,935 euros, numa altura em que a cotação do petróleo está a cair nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para as importações nacionais, recua 0,30% para 52,41 dólares por barril.


A Sonae valoriza 0,73% para 96,7 cêntimos, depois de ontem ter comunicado ao mercado que, nos primeiros seis meses do ano, obteve um lucro de 73 milhões de euros, uma queda de 4,4% face ao mesmo período do ano passada, explicada pelos ganhos não recorrentes que beneficiaram o resultado do grupo há um ano, nomeadamente a venda e arrendamento de imóveis realizadas pela Sonae RP no primeiro trimestre de 2016. Os analistas esperam uma subida das acções da Sonae após os resultados.

A Jerónimo Martins cede 0,03% para 16,72 euros. Os CTT sobem 1,16% para 5,245 euros.


No sector da pasta e do papel, a Navigator soma 0,05% para 3,693 euros, a Semapa cede 0,16% para 15,655 euros. E a Altri aprecia 0,59% para 3,766 euros.

Na banca, o BCP regista a oitava sessão de perdas, recuando 0,40% para 22,54 cêntimos. E o Montepio segue inalterado nos 99,5 cêntimos.

A Nos desliza 0,19% para 5,36 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI