Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fecho dos mercados: Juros italianos em mínimos de mês e meio. Petróleo volta a aproximar-se dos 80 dólares

Apesar das notícias que dão conta das fracturas dentro do Governo italiano, os juros da dívida continuam a baixar. Já o petróleo sobe para perto de 80 dólares, um valor com que a Arábia Saudita está confortável.

EPA
Os mercados em números
PSI-20 subiu 0,61% para 5.361,16 pontos
Stoxx 600 valorizou 0,11% para 378,73 pontos
S&P 500 avança 0,62% para 2.906,66 pontos
Yield a 10 anos de Portugal sobe 2,2 pontos base para 1,859%
Euro sobe 0,01% para 1,1685 dólares
Petróleo, em Londres, aumenta 1,11% para 78,91 dólares por barril

Bolsas sobem apesar de ameaça retaliatória de Pequim
As principais bolsas europeias negociaram em alta na sessão desta terça-feira, 18 de Setembro, recuperando parte das perdas registada na segunda-feira. Assim, depois das perdas provocadas pelo anúncio, por parte do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de uma nova taxa alfandegária agravada aplicada à importação de bens chineses, as bolsas do Velho Continente valorizaram hoje apesar de também a China ter vindo avisar que vai retaliar contra Washington.

O índice de referência europeu Stoxx 600 teve uma subida ligeira de 0,11% para 378,73 pontos, apoiado sobretudo pelas valorizações conseguidas pelos sectores das matérias-primas e das telecomunicações.

O lisboeta PSI-20 seguiu a tendência com uma subida de 0,61% para 5.361,16 pontos, com a Sonae em destaque ao somar 4,39% para 0,952 euros, a maior subida diária desde a sessão de 15 de Março em que apreciou 5,52%.

Juros italianos em mínimos de mês e meio
Os juros a dez anos de Itália aliviam pela segunda sessão consecutiva. A taxa de juro desce 5,6 pontos base para os 2,79%, o valor mais baixo desde o dia 1 de Agosto. "Na generalidade, as preocupações relacionadas com o Orçamento estão a dissipar-se", disse Jan von Gerich, analista do Nordea, à Reuters. Isto apesar de terem saído notícias de que dão conta das divisões dentro do Governo numa altura em que se prepara o Orçamento do Estado para 2019, o primeiro da actual solução governativa.

Pelo contrário, os juros portugueses estão a subir 2,3 pontos base para os 1,854% e os juros alemães estão em máximos de quatro meses ao subirem 2,2 pontos base para os 0,48%.

Euribor sobe a nove e a doze meses
A Euribor manteve-se a três e a seis meses nos -0,319% e nos -0,268%, respectivamente. Já a nove e a doze meses, a taxa subiu ligeiramente. A Euribor a nove meses subiu 0,001 pontos para os -0,206% e a Euribor a doze meses subiu 0,001 pontos para os -0,168%.

Libra desliza antes de cimeira europeia
A libra está a desvalorizar após ter atingido um máximo de seis semanas. Os investidores estão cautelosos quanto aos progressos da saída do Reino Unido da União Europeia na semana em que há os chefes de Estado reúnem-se numa cimeira. A turbulência dentro do Partido Conservador de Theresa May e as dúvidas sobre o novo prazo de Novembro para fechar o acordo de saída são factores de preocupação.

A libra cede 0,1% para os 1,3143 dólares. Já o euro valoriza 0,01% para os 1,1685 dólares.

Petróleo sobe 1% após sinal da Arábia Saudita
O petróleo valorizou esta terça-feira, dia 18 de Setembro, com a notícia avançada pela Bloomberg de que a Arábia Saudita está confortável com o preço do petróleo nos 80 dólares por barril, pelo menos no curto prazo enquanto os mercados se ajustam à redução da oferta do lado do Irão por causa das sanções norte-americanas.

Tal sugere que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) pode estar menos preocupada com os aumentos da produção de barris acordados anteriormente. O ministro iraniano do petróleo Bijan Namdar Zanganeh não estará na reunião da OPEP de domingo.

"Os comentários de que os sauditas estão contentes com preços mais altos, a par com o que parece ser uma diminuição das exportações iranianas de petróleo, estão a fazer com que as pessoas pensem que vem aí outro período de negociação em alta (bull market)", antecipa o norte-americano Michael Lynch, presidente da Strategic Energy & Economic Research.

Em Londres, o Brent, que serve de referência para as importações portuguesas, sobe 1,11% para os 78,91 dólares por barril, aproximando-se dos 80 dólares. Já o WTI, negociado em Nova Iorque, valoriza 1,23% para os 69,77 dólares.

Cobre recupera apesar das tarifas
A cotação do cobre está a recuperar numa altura em que se especula que a procura continuará a crescer mesmo se a China retaliar face às tarifas impostas pelos Estados Unidos. O cobre negociado em Londres subiu 2,7% e as cotadas do sector valorizaram na expectativa de que o conflito comercial não vá pôr em causa o crescimento económico mundial, levando a China a investir em infraestruturas para salvaguardar a sua economia.
Ver comentários
Saber mais Fecho dos mercados mercados num minuto bolsa mercados psi-20 itália espanha juros ouro euro divisas portugal
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio