Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fecho dos mercados: Bolsas e lira em queda, petróleo e ouro em alta com tensão entre Turquia e Rússia

O ataque da Turquia a um avião russo perto da fronteira com a Síria ditou o sentimento dos investidores esta terça-feira. A perspectiva de um aumento da tensão nesta região penalizou as bolsas europeias e a lira turca. Já o petróleo subiu e o ouro beneficiou com a procura por refúgio.

Em primeiro lugar surge o presidente russo Vladimir Putin, que “continua a provar que é um dos poucos homens no mundo poderoso o suficiente para fazer o que lhe apetece – e sair impune disso”, escreve a Forbes, fazendo referência ao conflito da Crimeia e aos ataques conduzidos contra o autoproclamado Estado Islâmico na Síria
Bloomberg
Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 17:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os mercados em números

PSI-20 desceu 0,59% para 5.266,66 pontos

Stoxx 600 caiu 1,24% para 375,64 pontos

S&P 500 desvaloriza 0,05% para 2.085,41 pontos

Os juros da dívida portuguesa a 10 anos recuaram 1,3 pontos base para 2,53%

Euro sobe 0,19% para 1,0653 dólares

Petróleo ganha 3,41% para 46,36 dólares por barril em Londres

 

Bolsas europeias sofrem maior queda desde Setembro

As principais praças do Velho Continente completaram duas sessões consecutivas em terrno negativo. O índice de referência da Europa, o Stoxx 600, recuou mais de 1%, naquela que foi a maior queda desde Setembro. A penalizar o sentimento dos investidores esteve o ataque militar da Turquia que abateu um avião da Rússia. A liderar as quedas estiveram as empresas relacionadas com o turismo e aviação.

 

Por cá, o PSI-20 também fechou em queda, completando quatro sessões no "vermelho". O índice nacional desceu 0,59%, depois de ter chegado a depreciar 1,96% durante a negociação. Num dia em que 12 cotadas desvalorizaram, a Jerónimo Martins e as empresas do grupo EDP foram as principais responsáveis por esta tendência. A dona dos supermercados Pingo Doce cedeu 1,27% para os 12,83 euros. Já a EDP desvalorizou 2,74% para os 3,198 euros, enquanto a EDP Renováveis depreciou 0,72% para os 6,30 euros. No sector financeiro, o BPI cedeu 0,98% para os 1,108 euros, numa sessão em que o BCP ficou estável nos 0,05 euros.

 

Juros sem tendência na véspera de leilão

Os juros da dívida portuguesa negociaram sem uma tendência definida, tendo subido nos prazos mais curtos e recuado nas maturidades mais longas. No prazo de referência a 10 anos, a taxa de juro exigida pelos investidores caiu 1,3 pontos base para 2,53%, num dia marcado pela indigitação de António Costa como primeiro-ministro por Cavaco Silva. Nos restantes países da periferia da Zona Euro foram exigidos juros mais baixos para apostar na dívida. O diferencial face à dívida alemã ficou estável nos 201,3 pontos. Portugal regressa esta quarta-feira aos mercados para emitir dívida a 10 anos.

 

Euribor renovam mínimos históricos

As taxas Euribor fixaram novos mínimos históricos nos principais prazos. A taxa a três meses, que assumiu valores negativos pela primeira vez em Abril, desceu para -0,104%, um valor inédito. Já a Euribor a seis meses, o principal indexante do crédito à habitação em Portugal, voltou a atingir um mínimo histórico nos -0,033%. Esta taxa situou-se abaixo de 0% pela primeira vez a 6 de Novembro. Também a Euribor a 12 meses caiu para 0,058%.

 

Lira lidera quedas nos emergentes

A lira turca lidera as desvalorizações entre as moedas dos mercados emergentes. Os investidores temem que o ataque da Turquia a um avião russo perto da fronteira da Síria faça escalar a tensão entre os dois países, depois de o presidente russo, Vladimir Putin, ter alertado que haverá "consequências muito graves" nas relações com a Turquia. A lira segue a recuar 0,65% para os 0,3485 dólares.

 

Petróleo em alta com tensão no Médio Oriente

Os preços do petróleo seguem a negociar em alta em ambos os mercados de referência. A justificar a tendência positiva da matéria-prima está o ataque da Turquia a um caça russo na fronteira com a Síria. Notícias que aumentaram a expectativa de que os conflitos na região se possam intensificar. "As preocupações geopolíticas e o terrorismo têm tido um impacto crescente no mercado nas últimas semanas", explicou John Kilduff, "partner" da Again Capital, à Bloomberg. Em Nova Iorque, o West Texas Intermediate (WTI) soma 3,35% para os 43,15 dólares por barril. Já em Londres, o Brent, que serve de referência às importações portuguesas, valoriza 3,41% para 46,36 dólares por barril.

 

Procura por refúgio anima ouro

O ouro subiu pela primeira vez em três sessões depois de a Turquia ter abatido um caça russo perto da fronteira com a Síria. Os receios de que esta situação venha a aumentar a tensão na região levou os investidores a procurarem activos percepcionados como mais seguros, como é o caso do ouro. Neste contexto, o metal está a recuperar depois de ter negociado perto de mínimos de cinco anos. O ouro sobe 0,64% para os 1.076 dólares por onça.  

 

Destaques do dia 

Alemanha arranca com nova investigação à Volkswagen. Desta vez, o que está em causa são as emissões de dióxido de carbono. As autoridades alemãs querem apurar se existiu evasão fiscal ou fraude nesta segunda vaga do escândalo de emissões.

 

Seis medidas do Governo de Costa que mexem com o seu bolso. A proposta de programa de Governo do PS promete um aumento dos rendimentos dos trabalhadores e pensionistas já em 2016. Veja as principais medidas que vão mexer com o bolso de trabalhadores e pensionistas.

 

Os cinco elementos de segurança da nova nota de 20 euros. A nova nota de 20 euros da série Europa entra em circulação esta quarta-feira, 25 de Novembro. Conheça os elementos que permitem verificar a sua autenticidade e dificultar a contrafacção.


Cavaco indigitou Costa. Quais são agora os passos que se seguem? 
Antes de entrar plenamente em funções, António Costa ainda terá de ver passar o seu programa no Parlamento. Um acto meramente formal, com apoio garantido e longe da tensão que marcou a ainda tão recente discussão do programa do PSD e do CDS-PP.

 

Calculadora de dividendos antecipados. São já seis as empresas que vão entregar aos seus accionistas dividendos até ao final do ano. Saiba, através da calculadora do Negócios, quanto irá receber, bem como qual o retorno de cada um desses dividendos antecipados.

 

Bolsa russa e lira turca caem e juros disparam após abate de avião junto à Síria. O principal índice russo lidera as perdas em termos mundiais, depois de a Turquia ter abatido um avião da Rússia junto à fronteira com a Síria. A bolsa de Istambul também segue em queda, tal como a lira e o rublo. Os juros da dívida dos dois países disparam.

 

O que vai acontecer amanhã

 

INE. Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação, em Outubro.

EUA. Encomendas de bens duradouros, em Outubro [anterior: -1,2%; estimativa: 1,5%].


EUA.
Índice PMI da Markit para os serviços e global, em Novembro [anterior: 55,0 pontos].


EUA.
Venda de novas casas, em Outubro [anterior: -11,5%; estimativa: 6,8%].


Zona Euro.
Entrada em circulação da nova nota de 20 euros.

 

 

 

 

Ver comentários
Saber mais fecho dos mercados bolsa Turquia Rússia PSI-20 euro dólar petróleo ouro tensão
Outras Notícias