Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundos de pensões portugueses tiveram rendibilidade negativa no primeiro trimestre

Os fundos de pensões portugueses tiveram uma rendibilidade negativa de 2,1% no primeiro trimestre deste ano, penalizados pela performance das acções, de acordo com as estimativas da Mercer.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 01 de Abril de 2008 às 14:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os fundos de pensões portugueses tiveram uma rendibilidade negativa de 2,1% no primeiro trimestre deste ano, penalizados pela performance das acções, de acordo com as estimativas da Mercer.

Por classes de activos, as obrigações terão apresentado uma rendibilidade positiva de 0,8% enquanto as acções desvalorizaram 13,6%, com as Europeias a perderem 15,6% e as outras acções estrangeiras a descerem 10,7%.

"Os mercados accionistas foram penalizados pela continuação da redução do apetite por risco decorrente da ‘crise de liquidez’ e de uma forte expectativa de um horizonte temporal no impacto da crise do crédito na performance dos mercados e na economia real mais longo do que o inicialmente previsto pelos investidores", refere a consultora na nota emitida hoje.

Os activos de imobiliário tiveram uma rendibilidade positiva de 1,4%.

Outras Notícias