A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundos de pensões sobem com ganhos das acções portuguesas

Os fundos de pensões portugueses terão atingido uma rendibilidade média de 1,8% em Fevereiro, de acordo com os dados divulgados pela Watson Wyatt. A Mercer Investment Consulting, por sua vez, estima que a rendibilidade média tenha sido de 0,4%.

Negócios negocios@negocios.pt 01 de Março de 2006 às 16:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os fundos de pensões portugueses terão atingido uma rendibilidade média de 1,8% em Fevereiro, de acordo com os dados divulgados pela Watson Wyatt. A Mercer Investment Consulting, por sua vez, estima que a rendibilidade média tenha sido de 0,4%.

Habitualmente há uma diferença entre os cálculos da Mercer e da Watson quanto aos retornos mas não costuma ir além de duas décimas. Este mês a diferença entre os dados apresentados poderá ser explicada pela análise que as duas instituições fazem do impacto da valorização das acções nacionais.

Na leitura feita pela Watson Wyatt, o comportamento das acções portuguesas surge descriminado, apresentando um valor de 8,1%, depois de um ganho de 1,8% em Janeiro, o que impulsionou a estimativa.

Na análise da Mercer as acções portuguesas surgem englobadas com as restantes acções europeias, tendo o conjunto apresentado um retorno de 1,9% em Fevereiro. As análises feitas pelas duas instituições diferem na amostra escolhida, no cálculo das rendibilidades e nos índices que seguem, o que também poderá explicar a discrepância nas estimativas de retorno médio.

Ver comentários
Outras Notícias