Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp e EDP suportam bolsa nacional

O mercado accionista português seguia a negociar em alta, acompanhando o sentimento dos congéneres europeus, avançando 0,52%. A suportar os ganhos do PSI-20 estava a Galp Energia e a Energias de Portugal (EDP), numa altura em que a Portugal Telecom (PT) e

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 28 de Abril de 2008 às 09:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O mercado accionista português seguia a negociar em alta, acompanhando o sentimento dos congéneres europeus, avançando 0,52%. A suportar os ganhos do PSI-20 estava a Galp Energia e a Energias de Portugal (EDP), numa altura em que a Portugal Telecom (PT) e a Portucel impediam maiores ganhos.

O índice de referência da bolsa portuguesa [PSI20] somava para os 11.144,05 pontos com 14 títulos em terreno positivo, três em queda e três estáveis. Também os restantes índices europeus avançavam animados pelo sector financeiro. Os bancos europeus estavam animados pela revisão em alta da UBS aos bancos dos EUA com base numa redução dos riscos.

O Banco Comercial Português (BCP) [BCP], que iniciou a sessão a subir mais de 1%, somava 0,80% para os 1,885 euros. O Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] apreciava 0,49% para os 12,24 euros e o BPI [BPIN] valorizava 1,11% para os 3,63 euros.

No sector energético, a Galp Energia [GALP PL] liderava os ganhos ao subir 1,04% para os 16,54 euros, invertendo a tendência negativa da abertura, animada pelo anúncio feito na passada sexta-feira de uma nova descoberta de petróleo no Brasil. A EDP [EDP] ganhava 0,61% para os 4,125 euros. Apenas a Redes Energéticas Nacionais [RENE] não acompanhava este comportamento e seguia estável nos 3,46 euros.

O sentimento positivo dominava no sector da construção com a Soares da Costa [SCO] a valer 1,60 euros, o que correspondia a uma subida 1,27%, enquanto a Teixeira Duarte [TXDE] apreciava 1,29% para os 1,57 euros.

A somar mais de 1% seguiam também a Brisa [BRISA] que começa a pagar hoje o dividendo relativo ao exercício de 2007 e registava um ganho de 1,06% para os 9,49 euros, a Cimpor [CIMP] que avançava 1,03% para os 5,88 euros e a Jerónimo Martins [JMAR] que subia 1,10% para os 5,065 euros.

A travar uma valorização maior do índice, seguia a Portugal Telecom (PT) [PTC] que perdia 0,20% para os 7,67 euros, a Portucel [PTCL] que recuava 1,23% para os 2,41 euros e a Sonaecom [SNC] que cedia 0,42% para os 2,365 euros.

Outras Notícias