Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp e PT caem mais de 1,5% e arrastam bolsa nacional

A bolsa nacional inverteu da tendência de ganhos e segue já a cair. A pressionar o índice estão as acções da Portugal Telecom e da Galp Energia, ambas a desvalorizarem mais de 1,5%. Entre os congéneres europeus a tendência também passou a ser maioritariamente de queda.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 27 de Julho de 2012 às 09:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O PSI-20 recua 0,25% para 4.541,56 pontos, com 11 acções em queda, sete a descer e uma inalterada. Os congéneres europeus também iniciaram a sessão com ganhos, ainda a reflectir a expectativa de que o Banco Central Europeu (BCE) intervenha para ajudar a combater a crise europeia. Mas este ânimo não durou menos de duas horas. Os índices seguem já a cair na maioria dos casos.

Na bolsa nacional são as acções da Portugal Telecom e da Galp Energia que mais pressionam. A operadora de telecomunicações está a desvalorizar 1,71% para 3,214 euros e a petrolífera cai 1,52% para 10,345 euros, depois de ter chegado a valorizar quase 2% a beneficiar dos resultados do primeiro semestre.

A Galp Energia apresentou um aumento superior a 50% dos lucros do primeiro semestre para 178 milhões, o que supera as previsões dos analistas consultados pela Reuters.

A Zon, que também reportou os seus resultados dos primeiros seis meses do ano, cai 1,30% para 2,05 euros. A operadora de telecomunicações revelou um aumento de lucros de 3,3% para 20 milhões de euros, tendo superado igualmente as previsões.

Do lado oposto está a Jerónimo Martins, a subir 1,22% para 12,015 euros, a recuperar parte das quedas recentes provocadas pela revisão em baixa das estimativas para o mercado polaco. A empresa fechou, na quarta-feira, pela primeira vez desde Outubro abaixo dos 12 euros, precisamente a reflectir os receios dos investidores, já que o mercado polaco tem sido o motor da distribuidora.

A EDP, que também revelou os seus números relativos ao primeiro semestre do ano, segue a subir 0,21% para 1,878 euros. A eléctrica revelou que os seus lucros recuaram 4,4% para 582 milhões de euros no primeiro semestre, mas os resultados conseguiram superar as estimativas dos analistas.
Ver comentários
Saber mais Bolsa PSI-20 Galp Energia Portugal Telecom
Outras Notícias