Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp oferece mais-valia de 10 mil euros a pequenos investidores

A Galp Energia voltou a surpreender... pela positiva. As acções da petrolífera nacional dispararam para um novo máximo histórico e rechearam, ainda mais, a carteira dos seus milhares de accionistas. Em pouco mais de um ano, o investimento na Galp gera já

Paulo Moutinho 13 de Dezembro de 2007 às 00:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Galp Energia voltou a surpreender... pela positiva. As acções da petrolífera nacional dispararam para um novo máximo histórico e rechearam, ainda mais, a carteira dos seus milhares de accionistas. Em pouco mais de um ano, o investimento na Galp gera já um retorno de 179%.

Quem investiu em acções da empresa na oferta pública de venda (OPV) conta com uma mais-valia total de 9.368 euros, à qual é preciso juntar os dividendos já recebidos. Nesse caso o valor já supera os 10.000 euros.

Os títulos encerraram a negociação a cotar nos 15,36 euros, em alta de 4,14%, mas durante a sessão, as acções da Galp chegaram a fixar um novo recorde, nos 15,70 euros, após uma subida de mais de 6%.

Com a valorização de ontem - que reflectiu um "research" da UBS ontem noticiado pelo Jornal de Negócios - a Galp aumentou para 121% a subida acumulada desde o início do ano e lidera, à distância, os ganhos no sector europeu. Comparando a cotação actual com o preço a que as acções foram alienadas durante a OPV, a Galp já apreciou mais de 164%.

A forte valorização da Galp desde a entrada no mercado de capitais torna difícil resistir às mais-valias. No entanto, quem está a adoptar uma estratégia de investimento de mais longo-prazo conta já com ganhos potenciais bastante significativos. A ordem máxima na OPV rendeu um total de 340 acções, na tranche do público em geral, durante a primeira fase. Muitos investidores pediram também acções na tranche destinada aos pequenos subscritores, conseguindo, na primeira fase, 590 títulos da Galp.

No total, quem conseguiu ficar com o número máximo de acções (930 títulos), nestas duas tranches, desembolsou 5.232 euros. Tendo em conta o valor recorde de 15,70 euros atingido pela Galp, essa mesma carteira está avaliada em 14.601 euros, ou seja, quase o triplo. A mais-valia potencial, sem descontar impostos e comissões de corretagem, é de 9.368 euros.

A estes valores é preciso juntar ainda os dividendos distribuídos pela petrolífera, um de 0,273 euros por acção (líquido, referente a 2006) e outro, intercalar, de 0,136 euros (líquido), já de 2007. Ou seja, além da mais-valia potencial conta já com um ganho de 729 e 289 euros, em cada uma tranches, respectivamente. Assim, o retorno do investimento na Galp ascende a mais de 10.000 euros, na primeira fase, e quase 5.000 euros na segunda.

Mais lidas
Outras Notícias