Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp surpreende com resultados acima do esperado mas ainda faltam dados sobre 2015

As casas de investimento foram surpreendidas pelos resultados melhores do que o previsto da Galp Energia. Contudo, relembram que só a 10 de Março haverá novidades sobre a operação. As acções avançam perto de 4%.

3 - Ferreira de Oliveira, Galp Energia. 17,2%
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2015 às 10:46
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

Os resultados de 2014 da Galp Energia, em que o lucro representa uma melhoria de 20% face ao ano anterior, são melhores do que o antecipado pelos analistas. Contudo, ainda é preciso esperar pelas novidades de 2015, alertam.

 

O resultado líquido de 373 milhões de 2014 da petrolífera ficou acima do esperado pelo BPI Equity Research, que também foi surpreendido pelo EBITDA, que ascendeu a 1.314 milhões – a casa de investimento relembra que o valor fica no topo da meta de entre 1,1 e 1,3 mil milhões de euros para o ano.

 

"Apesar da forte subida dos resultados, o facto é que alguns dos aspectos deste conjunto de resultados dificilmente será repetível nos próximos trimestres", indica a equipa de analistas liderada por Bruno Silva, que acrescenta, ainda assim, que os primeiros três meses de 2015 deverão beneficiar ainda destes efeitos irrepetíveis. "A partir daí, a evolução contida dos preços do crude deve eliminar essa consequência".

 

"A evolução do preço do petróleo e o desenvolvimento da produção no Brasil são factores-chave para o investimento, juntamente com a recuperação da economia ibérica", antecipa o BPI Equity Research. As principais metas deverão ser anunciadas pelo grupo a 10 de Março, no dia dos investidores. Aí, espera a equipa da unidade de investimento do BPI, a orientação financeira para os próximos cinco anos, o calendário de produção no Brasil e o projecto de gás em Moçambique são elementos que deverão ser clarificados.

 

O UBS, citado pela Bloomberg, diz que, para já, os resultados da área de Exploração e Produção ficaram em linha com as estimativas, havendo surpresas positivas nos segmentos de Refinação e Distribuição e Gás e Energia. Contudo, a casa de investimento sublinha que é necessário esperar pelo dia dos investidores para que haja uma melhor leitura do que se pode esperar. De qualquer modo, os resultados parecem indicar um forte crescimento da produção.

 

A produção no Brasil também é vista pela Jefferies como o "principal factor" para levar a bons resultados da empresa. Também esta casa de investimento se diz surpreendida pela positiva pelas contas reportadas esta segunda-feira. 

 

O facto dos resultados da empresa presidida por Ferreira de Oliveira terem sido melhor do que o previsto pelos analistas levou as acções a ganharem terreno num dia de quedas em Lisboa e na Europa. Os títulos da petrolífera nacional somam 3,61% para negociarem nos 10,465 euros. 

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 

Ver comentários
Saber mais Galp Energia Manuel Ferreira de Oliveira Galp petróleo research
Outras Notícias