Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ganho de quase 4% da Sonae destaca-se no dia em que PSI-20 regressa às subidas

A bolsa nacional interrompeu um ciclo de quatro sessões em queda, com um ganho de 0,47%. Por cá, a valorização da Sonae foi o destaque do dia.

Sonae mantém proposta
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 14 de Janeiro de 2021 às 16:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
A bolsa nacional pôs fim a uma sequência de quatro sessões seguidas a perder força, ao valorizar 0,47% para os 5.115,55 pontos nesta quinta-feira, dia em que a Sonae, dona do Continente, foi a máximos desde novembro do ano passado.

A Sonae valorizou 3,80% para os 71 cêntimos por ação, o que representa também a maior subida diária em cerca de dois meses. Hoje, a empresa surgiu entre as preferidas dos analistas do CaixaBI para este ano.

As estimativas do banco de investimento atribuem um potencial de subida ao PSI-20 que oscila entre 20% e 30% nos próximos 12 meses, sendo que a REN, Semapa e Sonae são as empresas preferidas para investir na bolsa nacional, em 2021.

Ontem, já depois do fecho de sessão, a retalhista divulgou a venda de 17 lojas que detinha em Espanha à MediaMarkt, e o encerramento de outras 14 no mesmo território. Assim, em Espanha, vão permanecer abertas apenas 16 das 47 lojas do grupo, embora a Sonae deva manter a presença online neste país.

Já a sua rival Jerónimo Martins, que ontem registou um ganho em torno dos 5% durante a sessão, perdeu hoje 0,85% para os 14,65 euros por ação.

No resto da praça portuguesa, a petrolífera Galp valorizou 1,36% para os 9,388 euros por ação, enquanto que o BCP subiu 0,37% para os 13,41 cêntimos por ação.
Ver comentários
Outras Notícias