Bolsa Ganhos do BCP e Galp levam PSI-20 a contrariar pessimismo da Europa

Ganhos do BCP e Galp levam PSI-20 a contrariar pessimismo da Europa

A bolsa nacional fechou em alta depois de duas sessões consecutivas de perdas, contrariando o pessimismo das principais praças europeias. A subida de quase 1% do BCP e de mais de 2% da Galp ajudaram aos ganhos.
Ganhos do BCP e Galp levam PSI-20 a contrariar pessimismo da Europa
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria 24 de setembro de 2018 às 16:43

A bolsa nacional encerrou em alta esta segunda-feira, 24 de Setembro, pela primeira vez em três sessões, com o PSI-20 a subir 0,29% para 5.361,44 pontos. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, nove fecharam em alta e nove em queda.

 

Entre os principais índices europeus, o PSI-20 foi o único a encerrar com sinal positivo, numa sessão marcada pelo pessimismo dos investidores com a entrada em vigor de novas tarifas da China e dos Estados Unidos e com a indisponibilidade dos dois países para se sentarem à mesa das negociações.

 

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desce 0,55% para 382,16 pontos.

 

Em Lisboa, o BCP e a Galp Energia foram as empresas que mais contribuíram para a subida do PSI-20. O banco liderado por Miguel Maya subiu 0,92% para 25,33 cêntimos, no dia em que foi noticiado que a instituição tem cada vez menos concorrência para comprar a unidade polaca do Société Générale, depois de o Crédit Agricole ter desistido de adquirir o Eurobank.

 

Já a Galp valorizou 2,16% para 16,78 euros a beneficiar da forte subida dos preços do petróleo nos mercados internacionais. O Brent ganha 2,63% para 80,87 dólares e o WTI soma 2,09% para 72,26 dólares, depois de a OPEP não ter dado sinais de disponibilidade para aumentar a produção em resposta ao pedido de Donald Trump.

 

Ainda na energia, a EDP Renováveis deslizou 0,17% para 8,705 euros e a EDP ganhou 1,27% para 3,265 euros, depois de o regulador de concorrência do Brasil ter aprovado a operação de compra da EDP pela China Three Gorges, considerando que a operação não provocará alterações significativas no mercado.

A contribuir para a subida do índice nacional estiveram também a Semapa e a Altri com ganhos de 1,29% para 17,32 euros e de 1,72% para 8,30 euros, respectivamente.

 

Do lado oposto, a evitar uma maior subida do PSI-20, estiveram sobretudo a Navigator e a Jerónimo Martins. A papeleira deslizou 1,39% para 4,258 euros e a retalhista caiu 1,44% para 12,69 euros.

Nas perdas destacou-se também a Sonae Capital, que deslizou 1,7% para 75,3 cêntimos, o valor mais baixo desde Setembro do ano passado.  


 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI