Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

GM pede mais 16,6 mil milhões em ajudas aos EUA

A General Motors (GM) entregou, ontem, a Tim Geithner, secretário do Tesouro dos EUA, um pedido de mais 16,6 mil milhões de dólares em ajuda, afirmando que necessita, pelo menos, de parte deste montante para sobreviver, isto numa altura em que prepara encerramentos de fábricas e o corte de 47 mil postos de trabalho a nível global.

Paulo Moutinho 18 de Fevereiro de 2009 às 08:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A General Motors (GM) entregou, ontem, a Tim Geithner, secretário do Tesouro dos EUA, um pedido de mais 16,6 mil milhões de dólares em ajuda, afirmando que necessita, pelo menos, de parte deste montante para sobreviver, isto numa altura em que prepara encerramentos de fábricas e o corte de 47 mil postos de trabalho a nível global.

A fabricante norte-americana necessita de pelo menos 9,1 mil milhões de dólares para terminar o seu plano de reestruturação, sendo que o montante poderá aumentar até aos 16,6 mil milhões de dólares (13,6 mil milhões de euros), revela a GM, citada pela Bloomberg. Até ao momento, já recebeu 13,4 mil milhões em ajuda do Estado.

A reestruturação da GM passa pelo encerramento de mais cinco unidades de produção nos EUA, até 2012, a possível venda da Hummer até ao final de Março. Além disso, a fabricante afirma estar “aberta” à possibilidade de efectuar o “spin off” ou mesmo vender a marca Saturn.

A marca Saab terá, segundo a GM, de ser reestruturada sob a lei sueca da bancarrota, sem apoio governamental, sublinhou a companhia norte-americana que prevê também a redução de 19% dos postos de trabalho. Tem, actualmente, 244.500 trabalhadores. 47 mil poderão ficar no desemprego.

Ver comentários
Outras Notícias