Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Goldman Sachs espera "dividendos e recompra de acções" caso a PT venda a Vivo

O Goldman Sachs prevê que no caso da Vivo ser vendida à Telefónica, a Portugal Telecom venha a distribuir dividendos e avance com operações de recompra de acções – outra forma de remunerar os accionistas – e alerta que o maior risco é a PT realizar aquisições demasiado dispendiosas.

Paulo Moutinho 30 de Junho de 2010 às 08:51
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
O Goldman Sachs prevê que no caso da Vivo ser vendida à Telefónica, a Portugal Telecom venha a distribuir dividendos e avance com operações de recompra de acções – outra forma de remunerar os accionistas – e alerta que o maior risco é a PT realizar aquisições demasiado dispendiosas.

“Se a vivo for vendida, antecipamos uma atractiva combinação de dividendos e operações de recompra de acções, mas sublinhamos o risco de destruição de valor [para os accionistas] com a realização de compras dispendiosas”, defende o analista Tim Boddy.

Numa nota de “research” a que o Negócios teve acesso, o Goldman Sachs acrescenta que “se a proposta da Telefónica for rejeitada, as acções da PT poderão cair significativamente no curto prazo em resultado das pressões no mercado doméstico”. O banco prevê que as medidas de austeridade em Portugal penalizem a PT.

A operadora liderada por Zeinal Bava tem vindo a valorizar em bolsa, com esta oferta da Telefónica. E este desempenho positivo deixou a PT “menos atractiva”, diz o Goldman Sachs, que neste sentido reduziu a recomendação de “comprar” para “neutral”. Também o “target” desceu para 10,50 euros, dos 11,40 euros anteriores.

Ver comentários
Outras Notícias