Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Goldman Sachs inverte perdas e anima Wall Street

As bolsas norte-americanas acabaram por encerrar em alta, impulsionadas pelo Goldman Sachs, perante a especulação de que a SEC não votou de forma unânime o processo contra banco norte-americano.

Negócios negocios@negocios.pt 19 de Abril de 2010 às 21:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As bolsas norte-americanas acabaram por encerrar em alta, impulsionadas pelo Goldman Sachs, perante a especulação de que a SEC não votou de forma unânime o processo contra banco norte-americano.

O Dow Jones subiu 0,67% para os 11.092,05 pontos enquanto o S&P 500 avançou 0,45% para os 1.197,52 pontos. Já o Nasdaq deslizou 0,05% para os 2.480,11 pontos.

Os índices norte-americanos abriram em queda, pressionados pelo Goldman Sachs, que chegou a perder mais de 3,5%. O banco estava ser penalizado pelo facto de ter sido processado pelo regulador de mercado norte-americano, a Securities and Exchange Comission (SEC), por alegada fraude.

No entanto, segundo fontes relacionadas com o processo citadas pela Bloomberg, foram reunidos 3 votos contra 2 para processar o Goldman Sachs que acabou por encerrar a ganhar 1,47% para os 163 dólares.

Isto acabou por influenciar outros bancos, como o Citigroup que valorizou 6,58% para os 4,86 dólares.

A contribuir para a tendência das bolsas estiveram ainda empresas como a Microsoft, que apreciou 1,17% para os 31,03 dólares e como a Intel que somou 0,33% para os 24 dólares.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias