Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo espanhol preocupado com possível redução do "rating" pela Moody"s

O Governo espanhol não ficou indiferente à possibilidade de descida da classificação da sua dívida soberana pela agência de "rating" Moody"s e o secretário de Estado da Fazenda e do Orçamento, Carlos Ocaña, já veio mostrar preocupação face ao que se paga nas emissões de dívida do país, tal como à sua imagem internacional.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 01 de Julho de 2010 às 15:43
  • Partilhar artigo
  • ...
O Governo espanhol não ficou indiferente à possibilidade de descida da classificação da sua dívida soberana pela agência de “rating” Moody’s e o secretário de Estado da Fazenda e do Orçamento, Carlos Ocaña, já veio mostrar preocupação face ao que se paga nas emissões de dívida do país, tal como à sua imagem internacional.

Mesmo assim, Carlos Ocanã afirma que as medidas que o executivo está a tomar no pacote de austeridade são a prova de que se está a fazer “tudo o que se considera necessário” para impedir a descida das classificações de “rating”, de acordo com o “Cinco Días”.

Por isso, frisou que Espanha tem de fazer uma implementação “muito séria e rigorosa” dessas medidas. As declarações do político vêm no seguimento da informação lançada ontem pela Moody’s, com a agência de notação financeira a colocar sob revisão o “rating” da dívida soberana espanhola, alertando para a possibilidade de ser reduzido em dois níveis.

A justificação para tal decisão foi a “deterioração das perspectivas de crescimento económico” e os desafios orçamentais actuais. A concretizar-se a descida, a agência junta-se assim à Standard & Poor’s e à Fitch, deixando de ser a única agência a manter a dívida espanhola com a classificação máxima de cumprimento.

Hoje mesmo, cinco comunidades autónomas do vizinho ibérico tiveram os seus “ratings” de dívida reduzidos a um nível inferior.
Ver comentários
Outras Notícias