Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grécia e forte queda do petróleo tiram forças a Wall Street

Os principais índices bolsistas dos EUA encerraram em baixa, a prosseguirem a tendência da semana passada. Os receios em torno da Grécia e a forte queda do petróleo nos mercados internacionais mexeram com as cotações.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 06 de Julho de 2015 às 21:26
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O Standard & Poor’s 500 encerrou a sessão desta segunda-feira a recuar 0,4%, para 2.068,79 pontos, enquanto o Dow Jones perdeu 0,26% para 17.683,98 pontos.

 

O tecnológico Nasdaq Composite, por seu lado, registou uma desvalorização de 0,34%, para se fixar nos 4.991,94 pontos.

 

O saldo da semana passada nas principais bolsas norte-americanas – semana mais curta devido à antecipação, na sexta-feira, do feriado do 4 de Julho – foi bastante negativo: desde Março que não caíam tanto.

 

Agora, na primeira sessão desta semana, as bolsas mantiveram a tónica pessimista. E isto devido, em grande medida, à incerteza em torno das negociações entre Atenas e os seus credores depois de ontem os gregos terem rejeitado em referendo as novas medidas de austeridade.

 

Também a queda do petróleo nos principais mercados internacionais – resultante sobretudo dos receios quanto à estabilidade económica na Europa e na Ásia – esteve a contribuir para a tendência negativa nas praças do outro lado do Atlântico, com os títulos da energia a serem fortemente penalizados.

 

No mercado nova-iorquino, o crude de referência (West Texas Intermediate) segue a afundar 7,17% para 52,85 dólares por barril. Já em Londres, o Brent do Mar do Norte, que serve de referência às importações de Portugal, encerrou a valer 56,82 dólares, com uma queda de 5,80 %.

Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsa S&P 500 Dow Jones Nasdaq Composite
Outras Notícias