Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo islâmico reivindica atentado em Londres

Um grupo islâmico reivindicou o atentado que causou hoje uma série de sete explosões em Londres, causando, pelo menos, oito mortos e mais de 100 feridos. O grupo auto-denomina-se como «Grupo Secreto da Al-Qaeda da Europa», avançou a Agence France Presse.

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 07 de Julho de 2005 às 12:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O London Undergound tem os serviços suspensos e o bairro financeiro está parcialmente evacuado. As bolsas europeias afundavam mais de 3% e o petróleo chegou a cair mais de 7%.
 
As ocorrências tiveram início cerca das 9h20 de Londres, a mesma hora de Lisboa, com uma explosão na estação de Liverpool Street do London Underground. A primeira explosão no centro financeiro da capital britânica fez vários feridos e levou à suspensão de toda a rede do metropolitano da cidade.

A estação de Liverpool Street encontra-se a menos de 500 metros do Banco de Inglaterra e serve corretoras e bancos de investimento como a Lehman Brothers, UBS, e a Standard & Poor’s.

Um segundo «incidente» ocorreu na estação de Edgware Road, no noroeste da cidade, segundo a Polícia dos Transportes britânica. Também a estação de Kings Cross, que serve de interface entre metro e comboios suburbanos para o norte de Londres, foi palco de uma explosão.

As explosões ocorreram menos de 24 horas depois de Londres ter sido escolhida como a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de 2012 e numa altura em que decorre a cimeira do G-8, oito países mais industrializados do mundo, na Escócia.

Outras Notícias